sexta-feira, 31 de agosto de 2012

PROJETO AMOR SEM FRONTEIRAS.

ACEITAMOS O DESAFIO  DA EVANGELIZAR O SERTÃO DO BRASIL.
INTRODUÇÃO
Zona rural do Nordeste: Um Campo missionário que clama!
Na Região do Nordeste do Brasil, o Sertão representa um grande desafio de evangelismo e plantação de igrejas. Conhecido pelos evangélicos como a Janela 10 / 40 do Brasil, principalmente a zona rural do Sertão Nordestino. A Região continua sendo uma das menos evangelizadas do país. Embora nos últimos anos o número de evangélicos tenha crescido muito no país, este não tem sido o caso do Sertão. Portanto, talves porque la não tem dinheiro.é hora da igreja focar seus esforços em favor da evangelização e plantação de igrejas em áreas mais carentes, que são os sertões, zona rural e o Nordeste de forma geral.                       Zona Rural do Nordeste: Um campo missionário que clama!O Projeto Amor Sem Fronteiras,é um projeto de evangelização da zona rural do Sertão Nordestino. É o evangelho transformador do Senhor alcançando o povo nordestino que vive nas comunidades, povoados, sítios e lugares de difícil acesso no Sertão: Um desafio radical!
                                         Por que evangelizar a Zona Rural?A zona rural do Sertão Nordestino possui mais de 12 milhões de habitantes e tem menos de 0,1% de crentes, com mais de 10 mil comunidades rurais sem a presença de uma igreja evangélica.
A zona rural nordestina é a Região do Brasil que apresenta os piores índices sociais, tais como: analfabetismo, desnutrição, evasão escolar, renda familiar muito baixa, falta de assistência médica e odontológica, etc.
                                        O Desafio de Alcançar a Zona Rural.Cremos que só o Evangelho pode transformar de forma radical, rigorosa e profunda a vida do homem sertanejo. A zona rural continua esperando pelas boas novas de amor, de paz e de redenção espiritual.
O desafio de alcançar este povo precisa ser encarado de forma urgente pela igreja evangélica brasileira. Esta é a hora de uma ação radical direcionada para alcançar o povo sertanejo que vive na zona rural. Seja um instrumento de Deus na busca da redenção do homem perdido, vamos juntos trabalhar em prol da salvação dos sertanejos.
  Nosso Alvo: Alcançar as comunidades rurais sertanejas de cada município de atuação do.
                                              Projeto Amor Sem Fronteiras.                                                           Justificativa:Há mais de 10 mil aglomerados humanos (povoados, vilas e vilarejos) sem a presença evangélica no Nordeste, o que constitui um gigantesco desafio. Na nossa área de atuação existem diversos povoados, comunidades, vilarejos, sítios, etc, sem a presença da igreja evangélica.
                                                  O que significa Alcançar:Evangelizar todas as pessoas destas comunidades.Discipular e batizar as pessoas que tomarem uma decisão de seguir a Jesus.Implantar um Projeto Amor Sem fronteiras em cada grupo evangelizado.
                                                          Como Alcançar:Fazer o mapeamento, pesquisar e escolher as comunidades para trabalhar.Fazer parcerias com pessoas, comprometida com Deus para sustentar um casal trabalhando especialmente na zona rural.
O casal reside em uma cidade muito carente da área de atuação do Projeto.
O casal trabalha nos povoados com o auxilio de Deus e do Projeto,Precisamos de mais Socios que possa contribuir para que nosso missionario jamais venha passar nescesidade.
o Projeto Amor sem fronteiras, dará o suporte através dos impactos evangelisticos e financeiramente..
 Prioridades Alcançar e atuar em lugagres onde não há igrejas.
                                                         Como você pode ajudar.1 – Orando.Ore pelos missionários que já está no campo.
Ore pela aquisição de uma bicicleta ja estara otimo segundo o Pastor Missionario.
Ore pelo sustento dos missionários.
2 Contribuindo.Contribua financeiramente.Contribua divulgando o Projeto a outros.Contribuam incentivando outros a se tornarem parceiros.Adote um projeto sertanejo e ajude a sustentar um missionário no Sertão. e muito facil e so ir no link ao lado desse blog e contribuir com seu Cartão e seguro e facil. o valor voce decide.
Seja um missionário...Seja Um intercessor...Seja Um mantenedor...Orando, semeando e colhendo!
                                                                Conclusão
Ore para Deus despertar mais obreiros, parceiros, intercessores, igrejas, pastores para esta parte da seara.
Ore pelos povoados, vilas e lugares da zona rural do Sertão Nordestino. Você pode participar também sendo mais um socio com o valor que voce desejar, o pouco para voce pode ser muito para nosso missionario.

           “A evangelização do nosso planeta tem passagem obrigatória pelo Sertão”.

                PROJETO AMOR SEM FRONTEIRAS, UM PROJETO DE AMOR.

MANDE SEU EMAIL PARA.
                                  APOSTOLOJORGECASTILHO@HOTMAIL.COM

         O SEU POUCO PODE SER MUITO, PARA OS MENOS FAVORECIDOS.

          A benção do Senhor enriquece e não acrescenta dores.” ( Provérbios 10:22 ).

Projeto Amor Sem Fronteiras.

 

 

FÉ...Pequena palavra, mas com certeza ENORME quando colocada em ação!

Sabe estes dias Deus têm falado comigo sobre o meu comodismo.
E falou com um amigo também, e eu fiquei impressionado pois foi a mesma palavra..e agora vejo que falou ainda com outra amigo tão querido...
Bom, com certeza Deus está me alertando a este respeito e espero que, caso você esteja "sofrendo" deste mesmo mal...""comodismo""tome para si também e o mais importante...coloque em AÇÃO!!!!

salmos.147:19 - Mostra a sua palavra a Jacó, os seus estatutos e os seus juízos a Israel.

Esse penúltimo verso do Salmo 147 é muito rico em revelação. Fiquei bastante intrigado quando li que Deus mostrou a Sua palavra a Jacó e os seus estatutos e juízos a Israel.
Ora, Jacó e Israel é a mesma pessoa "Genesis 32.28". A transição de nomes se deu em um momento importante, quando o enganador Jacó tem um encontro sobrenatural com o Senhor e se torna Israel, “aquele que luta com Deus e prevalece”.
Para um enganador, Deus mostra apenas Sua palavra. Mas quando este enganador decide viver para o Senhor, então lhe são mostrados os estatutos de Deus e Seus juízos.
Pergunta inevitável: não será a hora de parar de viver uma fé “de mentirinha” para poder conhecer integralmente a vontade de Deus?
seja voce também o "ISRAEL" de Deus basta fazer Missões.
seja voce tambem mais um associado do Projeto amor sem fronteiras. dessa forma sua vida não ficara como esse verso que Tiago diz.

Pois assim como o corpo sem espírito é morto, assim também a fé sem obras é morta.
Tiago2:26.

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

SOCORRO NA ANGÚSTIA.


                                                                 
SOCORRO NA ANGÚSTIA.

    Salmo 46:1 “Deus é o nosso refugio e fortaleza, socorro bem presente na angustia”.
Quantas vezes nos sentimos sozinhos, angustiados e esquecidos pelos nossos amigos, parentes e por alguns momentos até os nossos irmãos em Cristo desaparecem! O que eu quero compartilhar com você é que mesmo nos momentos difíceis da vida, existe alguém que nunca nos deixa: Deus!
Até o próprio Jesus foi abandonado por alguns apóstolos na hora da sua angustia! Com medo de serem reconhecido pelos soldados romanos, preferiram estar longe na hora da crucificação. O que dizer daqueles que gritaram: Crucifica-o! Crucufica-o! Posso garantir que muitos daqueles que o acusaram, em certos momentos foram abençoados com a sua palavra ou por um milagre. Imagine o soldado que teve a sua orelha colada no momento da prisão de Jesus. Como será que ele se sentiu prendendo alguém que fez o milagre que a medicina da época não poderia fazer!
Eu não sei o que se passa na sua vida, mas se a angustia bater no seu coração, lembre que você pode invocar o seu Deus nesta hora!
Salmos 50:15 "e invoca-me no dia da angustia, eu te livrarei, e tu me glorificarás". Deus, SOCORRO NA ANGÚSTIA.
Foi assim que Ana alcançou a benção de ter um Filho (I Sm 1); Foi assim que Moisés alcançou os milagres nas horas mais difíceis.
Jairo também foi até Jesus quando mais precisava do milagre, na hora da angustia, a sua filha estava morrendo, quando estava pedindo misericórdia, recebe uma noticia: Não precisa mais, ela já morreu.
Em muitas das vezes você vai encontrar pessoas que querem incentivar a você desistir, mas não desista! Jairo mesmo recebendo a noticia da morte de sua filha confiou em Jesus e alcançou o seu milagre.
Não existe lugar de descanso no Mundo para a angustia se não for ao lado de Deus.
Salmo 46:1 “Deus é o nosso refugio e fortaleza, socorro bem presente na angustia” Deus, SOCORRO NA ANGÚSTIA..
O Senhor nos proporciona alivio e força nos momentos difíceis, ele é o nosso refugio e fortaleza, uma proteção no dia da angustia, por isso não poderia existir um auxilio melhor que o próprio Senhor! Não chore porque amigos não estão ao seu lado, lembre do verdadeiro amigo, Jesus é o nosso amigo mais chegado que um irmão.
Quantos nos dias da Angustia procuram a bebida, vicio, os prazeres da vida, cartomantes, búzios. E por não adiantar, alguns tiram a sua própria vida.
Concluímos que Cristo é a nossa esperança na hora da Angustia e que Ele nos Livra, alivia, protege, auxilia e nunca nos abandona.
Salmo 46:1 “Deus é o nosso refugio e fortaleza, socorro bem presente na angustia”.                            
 Deus,
                                       SOCORRO NA ANGÚSTIA.

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

***Fracasso? Não Acredite Nisso!***

A PAZ DO SENHOR
MENSAGEM PARA REFLETIR
***Fracasso?  Não Acredite Nisso!***
28 / 08 / 2012

(Gênesis. 26: 24)... não temas, porque eu sou contigo.
Quando Gilbert Frankau estava produzindo uma peça teatral, recebeu, de uma agência, um jovem ator para ser testado para desempenhar o papel principal.
Após realizar o teste, Gilbert Frankau telefonou para a agência.
"Este homem", ele disse, "nunca será um ator.
Ele não sabe atuar e jamais saberá.
Seria melhor você aconselhá-lo a procurar outra profissão ou acabará passando fome.

A propósito, diga-me seu nome novamente para que o risque de minha lista".
O nome do ator era Ronald Colman, que se tornou um dos mais famosos
atores que o cinema já conheceu.
Muitas vezes deixamos que uma frustração passageira abale nossa tranquilidade e destrua nossas esperanças.

Se alguma coisa não dá certo, murmuramos, perdemos a motivação e desistimos de novas tentativas.
Porém, o Senhor nos disse que somos mais que vencedores.
E, se a vitória é certa, por que desanimar?    Por que desistir?   Por que não insistir?

Se temos sonhos a realizar e eles parecem difíceis de serem atingidos, coloquemos nossa ansiedade no altar de Deus, confiemos em Sua atuação, descansemos e logo tudo mudará.
O Senhor está conosco; Ele caminha ao nosso lado; Ele nos sustenta e nos ajuda; a derrota nunca nos alcançará!
Se o primeiro quarteirão nos trouxe insucesso, caminhemos o segundo.

Se o segundo quarteirão ainda se mostrou contrário às nossas expectativas, apressemo-nos a seguir o terceiro.
Se a nova investida fracassar, tratemos de recomeçar e seguir o quarto, o quinto e o sexto.

Desistir, jamais!         Nós venceremos!
Muitas vezes o inimigo de Deus cochicha em nossos ouvidos:  - Você é um fracasso.
Esse é o trabalho dele.
Mas, ao mesmo tempo, o Senhor nos assegura:   - Não temas que eu sou
contigo.

Eu prefiro ouvir o que o Senhor Jesus fala e rejeito completamente todas as insinuações do diabo.
                                         Jesus está em meu coração.

                                            Ele está sempre comigo.

                                   Com Ele eu vencerei sempre. E você?


                                FRATERNALMENTE EM CRISTO
JOSÉ CARLOS MARTINGHI
(SOLRAC†) 
 

IGREJA X MUNDO.

  REINO DE DEUS X REINO DAS TREVAS


Queridos leitores, segue abaixo uma rápida reflexão sobre os dois reinos - de Deus e das trevas. Espero através deste estudo contribuir de alguma maneira para o crescimento do conhecimento dos queridos leitores. O conhecimento é cumulativo e a Bíblia nos incentiva a crescer na graça e no conhecimento (2 Ped 3.18).

IGREJA X MUNDO

Porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e, sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes (Ef 6.12).Existem dois reinos: “do Bem e do Mal”.A Bíblia fala sobre: Deus - Satanás
Jesus Cristo - Anticristo
Espírito Santo - Falso Profeta
Anjos - Demônios
Os dois reinos possuem algumas igualdades e diferenças.
Igualdades:

Anjos trabalhando
São organizados (Mt 12.25-26);
Ambos possuem filhos
Ambos possuem profetas
Ambos fazem milagresDiferenças:Reino de Deus trabalha para dar a vida, salvar, libertar e dar paz (Rm 14.17);
Reino de Satanás trabalha para matar, roubar e destruir (Jo 10.10).
Reino de Deus quer ver o homem em pé.
Reino de Satanás quer ver o homem caído, sem paz e sem esperança.

O Reino das trevas trabalha com a conta de subtração (ele só tira).
O Reino de Deus trabalha com a soma (devolve tudo o que Satanás tirou).
Operação demoníaca no mundoMundo - expressão que se refere ao vasto sistema de vida desta era.

Hoje o mundo conta com cerca de 6 bilhões de habitantes, esta tão grande massa é composta de crianças, adolescentes, jovens e idosos. Diversas notícias alarmantes são divulgadas diariamente envolvendo drogas, prostituição, abortos, doenças, sequestro, homicídios, assaltos, guerras e etc...
Na verdade sabemos que por traz de tudo isto tem uma ação maligna operando para que o mundo caminhe de forma tão imoral e pecaminosa.
As pessoas das mais diversas idades tem sido escravizadas por este sistema de vida imoral e o resultado de tudo isto tem sido a destruição e ruína de muitas famílias.
A realidade da existência dos demôniosA Bíblia comprova a existência dos demônios (Mt 12.22 – 28).Quem são eles?Demônios, não são almas dos homens maus já mortos
São espíritos chamados de imundo (Mc 9.25).

Para quem trabalham?
- Satanás chamado príncipe dos demônios (Mt 12.24);
- Ele é chefe de uma organização (Ef 6.11-12).
A bíblia fala de pessoas cheias de demônios (Mt 12.22)- Legião (Mc 5.1; Mc 16.9).
- No novo testamento eles aparecem possuindo corpos tanto de homens como de animais (porcos) Mc 51-20.
Diferença entre influência demoníaca e possessãoExistem casos em que as pessoas não são possuídas por demônios, mas influenciadas. É o que chamamos de influência demoníaca.A diferença é a seguinte:- Possessão demoníaca – o demônio opera de dentro da própria pessoa;
- Influência demoníaca – o demônio opera do lado de fora – influenciando e induzindo uma pessoa a fazer coisas erradas.

A possessão demoníaca pode trazer, traz prejuízos, efeitos (Mc 5;22)
- cegueira e mudez (Mt 9.32 e 33);
- outras enfermidades – distúrbio mental (Mt 17.15-18).
Demônios e seus inimigos
Homem natural
-Ele trabalha para cegar o entendimento (II Co 4;4);
-Arrebata a palavra dos corações (Lc 8.12).
Homem espiritual-Satanás anda ao derredor (I Pe 5.8);
-Lutam para o crente desviar-se da fé (I Tm 4.1);
- Acusa e difama o crente (Ap 12.10; Zc 3.1 5);
- Procura impedir o crente de fazer a obra de Deus (I Ts 2.18);
- Incita perseguições (Ap 2.10).
Homem desviado – (Mt 12.43 a 45).

O REINO DE DEUS - TEM PODER PARA:Expulsar os demônios:
No nome do Senhor (Mc 16.17);
Com vida no altar (At 19.11-16);
Com jejum e oração (Mt 17.21);
Estando cheios do Espírito Santo (Ef 5.18);

O Reino de Deus tem poder - Lc 10.19 - Eis que vos dou poder para pisar serpentes, e escorpiões, e toda a força do Inimigo, e nada vos fará dano algum.

O versículo bíblico fala sobre o poder de Deus e a força do inimigo.

O Reino de Deus tem mais anjos do que o reino das trevas
Anjos caídos - Ap. 12.3 e 4 (terça parte)
Anjos que permaneceram fieis - (dois terços). O profeta Elizeu tem razão quando diz em II Reis 6.16 "Não temas; porque mais são os que estão conosco do que os que estão com eles" . Gloria a Deus!

Erram aqueles que são adeptos do dualismo quando acreditam terem DEUS e o Diabo poderes iguais. Pois, ninguém ou nenhuma força se compara ao nosso Deus Todo Poderoso.


Finalizo esse reflexão lembrando as palavras escritas pelo apóstolo Paulo (O Cântico de Vitória, Deus é por nós) , pois o nosso Deus é vitorioso e aqueles que pertencem ao seu Reino MAIS QUE VENCEDORES. Você é essa pessoa.

Cântico de vitória(Rom 8.31-39)

31Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós? 32Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes, o entregou por todos nós, como nos não dará também com ele todas as coisas? 33Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica. 34Quem os condenará? Pois é Cristo quem morreu ou, antes, quem ressuscitou dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós. 35Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada? 36Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte todo o dia: fomos reputados como ovelhas para o matadouro. 37Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou. 38Porque estou certo de que nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, 39nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor!


Deus abençoe a todos.

terça-feira, 28 de agosto de 2012

40 dias de Jejum e Oração.

                                              VOCE PODE  INSCREVER A SUA IGRELA !

 APROVEITE ESSA OPORTUNIDADE, IGREJA QUE ORA ,VENCE  TODAS AS LUTAS.
Contatos com.    pastor Edison queiroz.
acesse o site. www.jejum40dias.com.br

EU INDICO E APOIO. Ap. Jorge Castilho. / EUA.

O VERDADEIRO AMOR CRISTÃO.

O verdadeiro amor espiritual é caracterizado pela mansidão e ternura, todavia, é vastamente superior às cortesias e bondades da carne.

Devemos ser cuidados para não confundir sentimentalismo humano, alegria carnal, amabilidade e afabilidade humana com o verdadeiro amor espiritual. O amor que Deus ordena, primeiramente para com Ele e então para com os outros, não é o amor humano. Não é um amor indulgente e egoísta, o qual já está em nós por natureza. Se indulgentemente permitirmos que nossas crianças cresçam com pouca ou nenhuma disciplina, Provérbios claramente diz que não as amaremos, a despeito da sentimentalidade humana e da afeição que podemos sentir por elas. O amor não é um paparicar sentimental de um para com o outro, com uma indiferença para com o nosso andar e obediência diante do Senhor. Encobrir as faltas dos outros para nos agradar na estima deles, não é amor espiritual.

A verdadeira natureza do amor cristão é um princípio justo que busca o mais alto bem dos outros. É um desejo poderoso de promover o bem-estar deles. O exercício do amor deve estar em estrita conformidade com a vontade revelada de Deus. Nós devemos amar na verdade. O amor entre os irmãos é bem maior do que uma sociedade agradável onde as visões são as mesmas. É amá-los porque nós vemos a Cristo neles, amando-os por causa de Cristo.

O próprio Senhor Jesus é o nosso exemplo. Ele não foi somente atencioso, gentil, auto-sacrificante e paciente, mas Ele também corrigiu Sua mãe, usou um chicote no Templo, censurou severamente as dúvidas dos discípulos e denunciou os hipócritas. O verdadeiro amor espiritual é, acima de tudo, fiel a Deus e inflexível para com tudo o que é mal. Nós não podemos declarar, 'Paz e Segurança', quando na realidade, há decadência e ruína espiritual.

O verdadeiro amor espiritual é muito difícil de exercitar, pois não é nosso amor natural. Por natureza, nós amamos sentimentalmente e produzimos bons sentimentos. Além disso, muitas vezes o verdadeiro amor espiritual não é recebido em amor, mas é odiado como os fariseus o odiaram. Devemos orar para que Deus nos encha com Seu amor e nos capacite a exercitá-lo, sem dissimulação, para com todos.

Fonte:Ministério Caminhar
automatico@ministeriocaminhar.com.br

domingo, 26 de agosto de 2012

Se creres, verás a glória de Deus.

Texto: Jo. 11:40 (Marta v. 21-26 e 39-40, Maria v. 32).

Introdução: Não é somente crer, é necessário confiar que Deus tem a resposta. Pois vivemos em um mundo de incredulidade, onde as pessoas tentam se salvar de qualquer maneira, com as suas próprias forças e maneiras. Porém, somente em Jesus temos a solução e a salvação.

Vejamos a história de Lázaro: "Senhor, se tu estivestes aqui, meu irmão não teria morrido".
O que Marta queria dizer:
- Senhor não entendo por que demorastes tanto para vir ter conosco.
- Não entendo por que deixastes morrer aquele a quem amavas.
- Não entendo como deixastes a dor e o sofrimento rasgar a nossa alma. Sendo que a tua presença poderia ter impedido este sofrimento.
- Por que não viestes antes? Agora é tarde, ele já está morto a quatro dias.

Jesus respondeu: "Vocês podem não entender, mas, se, creres verás a Glória de Deus".

Abraão: Não entendeu porque Deus pediu o sacrifício do filho, mas confiou, e viu a Glória de Deus na sua restituição (Monte Moriá).
Jacó: Não compreendia porque o seu filho José lhe foi tirado, mas viu a Glória de Deus quando contemplou o rosto daquele filho que agora era governador do Egito e preservou a sua própria vida e de toda a sua família.
José: Não compreendia a crueldade de seus irmãos e o falso testemunho de uma adúltera, a injustiça e os longos anos de cativeiro, porém, quando ascendeu a governador daquela nação e pode salvar muitas vidas inclusive da sua família, e que o nome do Senhor foi glorificado, ele viu a glória de Deus.
Moisés: Não entendeu porque Deus o retinha em Midiã por quarenta anos, mas viu a Glória d’Ele no Monte Horebe e foi chamado a tirar Israel do Egito.
Ana: Não compreendia o porque não tinha filhos, depois ela entendeu o plano de Deus para Israel através da vida de Samuel e Deus lhe deu outros filhos e ela viu a glória de Deus.
: Não compreendia o tamanho sofrimento de um homem justo, mas ao ser restaurado em dobro, viu a Glória de Deus. (Jó 19:25, Jó 42).
Os Discípulos: Não compreenderam a morte de Jesus, mas quando Ele ressuscitou e ascendeu ao céu e deixou o Consolador (Espírito Santo), no dia de pentecostes viram a Glória de Deus.

Talvez sua vida esteja assim eu não entendo.
- Porque Deus deixou meu ente querido ser levado?
- Porque Ele permitiu que a aflição me açoitasse?
- Estes caminhos tortuosos que o senhor está me guiando.
- Porque foram desmantelados os meus planos que pareciam tão bons?
- Porque as minhas bênçãos estão demorando tanto?
- Porque está enfermidade está me assolando?

Você não tem que entender todos os caminhos de Deus, todas as maneiras que Ele dirige a sua vida, Ele não espera que você entenda tudo.
Você não espera que seu filho entenda tudo, você quer apenas que ele confie em você.

Conclusão: Um dia verás a Glória de Deus nas coisas que não entendes. Basta apenas crer e confiar em Jesus entregando a sua vida a Ele e terás vida com abundância.

sábado, 25 de agosto de 2012

Fundamentos destruídos.

“No SENHOR me refugio. Como dizeis, pois, à minha alma: Foge, como pássaro, para o teu monte? [...] Ora, destruídos os fundamentos, que poderá fazer o justo?” (Salmos 11.1,3).
Perseguido e ameaçado por seus inimigos, instado por seus amigos a fugir, a não resistir, a procurar um lugar que lhe abrigasse daqueles que demandavam contra a sua vida, o salmista reafirma sua confiança em Deus.
Em uma época de inversão vergonhosa de valores, qual é o fundamento da nossa fé? Sobre quais pilares temos edificado as nossas vidas? De que maneira temos vivido? Como somos vistos pelo mundo?
Durante alguns anos de sua vida, mesmo depois de ter sido ungido rei (pelo decreto soberano de Deus), Davi se viu obrigado a fugir da fúria assassina de Saul, e é nesse contexto, de perseguiçãoversus fuga, que o salmista, contrariando o conselho dos seus amigos, deposita sua confiança em Deus.

O cristão e o mundo

Como reagimos diante de uma sociedade que exalta os relacionamentos passageiros, o prazer em lugar do amor, a legalização de vícios e comportamentos lascivos, o casamento entre pessoas do mesmo sexo, a mentira em detrimento da verdade e tantas outras formas de corrupção humana?
Talvez, do mesmo modo como aconteceu a Davi, sejamos instados a fugir ou mesmo nos conformar com a degradação que nos cerca. Todavia, o apóstolo Paulo nos adverte:
“[...] não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.” (Romanos 12.2)
Em meio a uma sociedade adúltera, devemos transparecer os valores de Cristo, colocando-nos contra todas as distorções daqueles que pervertem a justiça e corrompem a glória de Deus.
“Não devemos ser como caniços agitados pelo vento, dobrando-nos diante das rajadas da opinião pública, mas tão inabaláveis quanto pedras em uma correnteza.” (John Stott)

O exemplo de Davi

Os companheiros de Davi deram-lhe bons motivos para buscar refúgio em outro lugar, de maneira que pudesse estar seguro das investidas de Saul:
“Porque eis aí os ímpios, armam o arco, dispõem a sua flecha na corda, para, às ocultas, dispararem contra os retos de coração” (Salmos 11.2)
Aqueles homens acreditavam que, se o salmista fugisse, deixando por algum tempo o lugar em que estava, certamente encontraria descanso para sua alma. Os companheiros de Davi descreveram a maneira sutil e covarde como agem os ímpios, arremetendo contra “os retos de coração”.
Embora a olhos humanos Davi tivesse bons motivos para “bater em retirada”, não é essa a sua decisão. Contrariando seus conselheiros, o salmista busca salvação em Deus:
“No SENHOR me refugio. Como dizeis, pois, à minha alma: Foge, como pássaro, para o teu monte?” (Salmos 11.1)
O salmista exalta a soberania de Deus, o seu cuidado para com os filhos dos homens, Davi afirma que coisa alguma passa despercebida aos olhos cuidadosos do Deus Todo-Poderoso. O Senhor perscruta todas as coisas e de maneira alguma está indiferente ao que acontece sobre a face da terra. Os amigos de Davi apenas olhavam para as coisas terrenas, mas o salmista fitava seus olhos nas celestiais, sabendo que Deus jamais cessou de reinar.
“O SENHOR está no seu santo templo; nos céus tem o SENHOR seu trono; os seus olhos estão atentos, as suas pálpebras sondam os filhos dos homens” (Salmos 11.4)
Davi reconhece que o Senhor põe à prova também ao justo, todavia não o condenará.
“O SENHOR põe à prova ao justo e ao ímpio; mas, ao que ama a violência, a sua alma o abomina” (Salmos 11.5).
O Senhor, do alto da sua soberania, permite a ação inescrupulosa dos homens, mas não retarda o seu juízo. As ações humanas limitam-se à vontade de Deus.
“Fará chover sobre os perversos brasas de fogo e enxofre, e vento abrasador será a parte do seu cálice. Porque o SENHOR é justo, ele ama a justiça; os retos lhe contemplarão a face” (Salmos 11.6-7)
O mundo caminha para a destruição dos alicerces, todavia, à semelhança de Davi, nossa confiança deve estar alicerçada no fato de que Deus reina eternamente e, ainda que todos os fundamentos se desfaçam:
“podemos sofrer com alegria, esperar com bom ânimo, aguardar pacientemente, orar fervorosamente, crer de maneira confiante e, finalmente triunfar” (Spurgeon)
Por: Áurea Emanoela Holanda Lemos | PreciosoCristo | Original aqui.
Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que inclua estes créditos, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

Nao Faça da graça uma desgraça.


  

                                                  Nao Faça da graça uma desgraça.


         A Graça de que fala o apóstolo Paulo é uma bendita dádiva de Deus para todos nós. Mas, mau interpretada por alguns que pregam a predestinaçao, ela tornou-se uma desgraça para o cristianismo, pois a ela se devem as causas principais das desarmonias cristãs.  É que os chamados predestinados exageraram-na de tal modo, que eles ficaram cegos para o ensino do Evangelho da graça, ensino esse que constitui um fator importante de nossa salvação, à medida que ele é vivenciado por nós. Aliás, sem isso, poderia Jesus Cristo voltar ao nosso planeta trazer-nos os mesmos Evangelhos, e de nada valeriam eles para nós.

         A graça é de graça e é para todos, pois Deus não faz acepção de pessoas (Atos 10,34; Romanos 2,11; Efésios 6,9; e Deuteronômio 10,17). Ela é, pois, como se fosse o ar que respiramos, que é também para todos nós. E Paulo até disse que onde há mais pecados, há também mais graças (Romanos 5,20). Mas estao tentando fazer  da graça uma desgraça, ensinando que só eles sao escolhidos, e descartando totalmente para isso o valor de confesarmos a Jesus Cristo como nosso Salvador. Seria isso para valorizar a profissão ritualística dos líderes religiosos? Ora, se somente alguns ganham a graça, o que seria daqueles que ate a pouco tempo atraz ,impactaram o mundo com milagres inexplicaveis. Pregando o evangelho que segundo os presdestinados e um evangelho da lei. afinal se nao tivesse valor nenhum para que Jesus Cristo veio ao mundo e permitiu que esses milagres fossem reais. 

          É verdade que Paulo dá a entender que nós teremos sucesso espiritual, não pelas obras da lei, pois a graça já não seria graça, mais o grande passo para o sucesso da graça de Deus em nossas vidas e o verdadeiro amor (1 Coríntios 13,3). Ademais, Tiago pregou também que a fé sem obras é morta ( Tiago 2,26)
          E para os que ainda insistem em que não depende de nós a nossa salvação, transformando, assim, a bendita doutrina da graça em desgraça, aqui vai o ensino do Jesus Cristo, cuja palavra vale mais que a de  Paulo: “A cada um será dado segundo suas obras” (Mateus 16,27). "pois o filho do homem vira na gloria de seu pai,com os seus anjos,e entao recompesara a cada um segundo as suas obras". lembrando que devemos amar o evangelho de Jesus Cristo conforme ele é,a revelaçao da pregaçao é dada a cada lider,de acordo com a vontade do Espirito Santo.para terminar quero dizer que o mais importante e o amor.e porque nao perseguir-mos ao diabo,e deixarmos que o evangelho de Jesus Cristo seja pregado.no amor de Jesus Cristo nos levantemos,contra o inferno,nao contra o povo de Deus. 

                                          att: Ap. Jorge Castilho

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

E AI VOCE TERIA CORAGEM ?

Amigos e Amigas ,Filhos e filhas do Deus vivo. veja esse video , o que voce faria se fosse com voce? Eu posso dizer  Este vídeo me fez refletir porque muitas pessoas rejeitão a Jesus, enquanto outra são perseguidas ao adorar-lo. E esse vídeo me fez pensar tambem quanto tempo estamos  perdendo por não envestir-mos em Missões , venha somar comigo , venha fazer parte do Projeto Amor Sem fronteiras. e seja Mais um Vencedor vamos buscar almas perdidas.
o importante e voce viver a fé .
Pense Nisso.
Não adianta o fraco dar uma de papagaio e repetir a Palavra: “Diga o fraco: Eu sou forte.” Joel 3.10, quando ainda não nasceu de novo.
O fraco só será forte quando nascer do Forte, O Todo-Poderoso.
Enquanto isso, pode confessar o que quiser que nada vai acontecer.
Jesus disse ao mestre do judaísmo: “Em verdade, em verdade te digo que, se alguém não nascer de novo, não pode VER o Reino de Deus. João 3.3
E acrescentou: “quem não nascer da água e do Espírito não pode ENTRAR no Reino de Deus.” João 3.5
O que adiantava a Nicodemos ter profundos conhecimentos da Lei e dos Profetas, se lhe faltava o novo nascimento?
O conhecimento da Palavra de Deus sem a sua prática não é suficiente. Mas para praticá-la, ele precisava ser nascido do Espírito.
Deus “nos tem habilitado para sermos ministros de uma Nova Aliança, não da letra, mas do Espírito; porque a letra mata, mas o Espírito vivifica.” 2 Coríntios 3.6
Portanto, sem essa de ficar repetindo versículos bíblicos não vivenciados, não praticados e ausentes de Espírito.
A repetição de versos bíblicos serve apenas como ponto de apoio à religiosidade.
Sem o nascimento da água e do Espírito Santo, não há a mínima chance de sobrevivência da fé neste mundo. E se não vence o pecado do mundo, como salvar sua alma?
“… porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé.” I João 5.4
Se você acha isso radicalismo, veja por si mesmo o número incrível de crentes incrédulos e perturbados ao seu redor.
Eles são frutos do trabalho de "pastores" nascidos da carne, que estão mais preocupados com o número de membros e suas ofertas do que com a salvação de suas almas. Por isso, tais "pastores" pregam que basta aceitar Jesus como Salvador e já está salvo.
Só que aceitar Jesus ou crer nEle não faz nenhuma diferença quando não se obedece à Palavra de Jesus.
Mas como obedecer à Palavra sem ser espírito?
E como ser espírito sem ter nascido do Espírito Santo?
Jesus disse: “O que é nascido da carne é carne; e o que é nascido do Espírito é espírito.” João 3.6
E acrescentou: “Não se surpreenda, Nicodemos, de lhe dizer que você tem de nascer de novo.” João 3.7

 

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

O TEMPO DO FIM.

Pergunta: "De acordo com a profecia do fim dos tempos, o que acontecerá?" Resposta: A Bíblia tem muito a dizer sobre o fim dos tempos. Quase todos os livros da Bíblia contêm profecias a respeito do fim dos tempos. Organizá-las todas juntas pode ser tarefa difícil. Segue-se um breve resumo do que declara a Bíblia a respeito do que acontecerá no fim dos tempos: Cristo levará da terra todos os crentes nascidos de novo, que são parte da Igreja (os santos do Novo Testamento) através de um acontecimento conhecido como Arrebatamento (I Tessalonicenses 4:13-18; I Coríntios 15:51 em diante). Perante o Tribunal de Cristo estes crentes serão galardoados pelas boas obras e serviços durante o tempo na terra, ou perderão galardão, mas não perderão a vida eterna por falta de serviço ou obediência (I Coríntios 3:11-15; II Coríntios 5:10). O anticristo (a besta) assumirá o poder e assinará um pacto de paz (firmará uma aliança) com Israel por sete anos (Daniel 9:27). Este período de sete anos é conhecido como a Tribulação. Durante a Tribulação, haverá guerras terríveis, fomes, pragas e desastres naturais. Deus derramará Sua ira contra o pecado, mal e iniqüidade. Durante a Tribulação terão lugar os quatro cavaleiros do apocalipse, os sete selos, trombetas e taças. Quando se passar cerca de metade destes 7 anos, o anticristo irá romper o pacto de paz com Israel e com eles guerrear novamente. O anticristo causará abominação e desolação e levantará uma imagem de si mesmo para ser adorada no templo (Daniel 9:27; II Tessalonicenses 2:3-10). A segunda metade da Tribulação é conhecida como A Grande Tribulação e o tempo de angústia para Jacó. Ao final da Tribulação dos sete anos, o anticristo iniciará um ataque final sobre Jerusalém, que culminará na Batalha do Armagedom. Jesus Cristo retornará, destruirá o anticristo e seus exércitos e os lançará no lago de fogo (Apocalipse 19:11-21). Cristo então amarrará Satanás no Abismo por 1000 anos e governará Seu reino na terra por estes 1000 anos (Apocalipse 20:1-6). Ao final dos 1000 anos, Satanás será solto, novamente derrotado, e então lançado no lago de fogo (Apocalipse 20:7-10). Então Cristo julgará todos os incrédulos (Apocalipse 20:10-15) no Julgamento do Grande Trono Branco, lançando a todos no lago de fogo. Cristo então introduzirá um Novo Céu e Nova Terra: a eterna morada dos crentes. Não mais haverá pecado, tristeza ou morte. Virá também dos céus a Nova Jerusalém (Apocalipse capítulos 21-22).

domingo, 19 de agosto de 2012

O verdadeiro amor cristão .

Falar de amor é uma coisa relativamente fácil. A palavra amor tem uma abrangência muito ampla, por exemplo: amo minha esposa, amo meus filhos, meus pais, meus livros, minha profissão, minha casa ou meu carro e por aí vai... Mas na verdade, o amor de que quero falar é o verdadeiro amor cristão. Quando Deus ditou a Moisés a Lei, entre centenas de instruções uma se destacou e ficou conhecida como a Lei Régia. Esta se encontra no livro de Levíticos capítulo 19, verso 18, que diz assim: "Não te vingarás nem guardarás ira contra os filhos do teu povo; amarás o teu próximo como a ti mesmo". Levíticos 19.18 O próprio Jesus quando indagado por aquele jovem rico sobre o que poderia fazer de bom para alcançar a vida eterna , respondeu: "guarda os mandamentos" e enfatizou ainda "amarás a teu próximo como a ti mesmo", este episódio é narrado no Evangelho de Mateus no capítulo 19, versos de 17 a 19. Mas desde a instituição da Lei mosaica até a vinda de Jesus, parece que os homens não entenderam este mandamento, ou se entenderam fizeram-se de desentendidos. Uma ou outra coisa. Fato é que o amor que Deus esperava dos homens não foi praticado. LEITURA DA PALAVRA A dificuldade dos discípulos e portanto de seus contemporâneos, em compreender a mensagem expressa na Lei Régia era tão grande que foi preciso que Jesus viesse à presença deles e os amasse para então reescrever aquela Lei de Deus. Na nova configuração então Jesus falou a seus discípulos que eles deveriam mirar-se em seu amor. Amor que naquele momento lhes estava sendo dado e os instruiu para que o aplicasse entre eles. Do mesmo modo, contextualizando esta porção da Palavra de Deus que acabamos de ler é que sabemos que seguindo nos passos de Jesus devemos amar o nosso próximo. O verdadeiro amor cristão - Quais são suas principais características? É um amor divino - Todo amor emana de Deus, assim aquele que não ama não conhece a Deus. Na Primeira Carta de João, no capítulo 4, verso 7, o apóstolo diz: "Amados, amemo-nos uns aos outros, porque o amor procede de Deus, e todo aquele que ama é nascido de Deus, e conhece a Deus". I João 4.7 O amor procede de Deus, portanto é um dom divino. E esta é uma outra das características a que nos referimos. O amor é um dom de Deus. Na verdade o amor é o maior dos dons de Deus, que nos é ofertado graciosamente. O apóstolo Paulo, em uma das passagens mais belas de suas cartas, cita na Primeira Epístola aos Corintios, capítulo 13, a grandeza deste verdadeiro amor cristão, e termina assim no verso 13: "Agora pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; porém o maior destes é o amor". I Coríntios 13.13 Outra característica do verdadeiro amor cristão que não podemos deixar de observar é que ele como vimos é um mandamento de Jesus Cristo. Ë preciso que entendamos definitivamente que este mandamento foi nos dado por Deus para ser cumprido. Ora, não mal comparando, façamos um paralelo com estes sensores óticos espalhados nos cruzamentos pela cidade. Ao vê-los, lembramos que não podemos infringir a lei do trânsito e passar com o sinal fechado. E se o fizermos seremos multados. Da mesma forma precisamos entender os mandamentos de Deus com clareza. Eles nos foram dados para serem cumpridos. E se não forem cumpridos seremos "infratores da lei" e consequentemente, então, seremos "multados". Como? Não sei, nem serei eu a profetizar coisas desagradáveis, mas é certo, que quando descumprimos este mandamento estamos desagradando ao nosso Deus. Jesus, no Evangelho de João, no capítulo 13, verso 35, nos diz: "Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos, se tiverdes amor uns com os outros". João 13.35 O verdadeiro amor cristão nos conduz a refletir Jesus em nossas vidas, ao nosso próximo, e isto só é possível através do amor. Precisamos ser reconhecidos como discípulos de Jesus, precisamos refletir o amor de Jesus. Uma ocasião um jovem crente, contava que em uma reunião de amigos havia uma determinada pessoa com quem ele não tinha muita afinidade. Porém, respondendo a um chamado de seu coração, aproximou-se dele e, amavelmente, valorizou sua presença naquela reunião, dando-lhe as boas vindas, agradecendo por ele estar ali. Para a sua surpresa, em uma outra oportunidade, aquela mesma pessoa o abordou e o agradeceu pelo carinho que ele havia lhe dispensado naquele ocasião. Acontece que naquele tal dia o homem encontrava-se abatido. Derrotado dentro de si mesmo, e com aquela demonstração de amor ele revigorou-se e encontrou forças para superar as suas dificuldades. Isto é o verdadeiro amor cristão. Diante deste testemunho, vem a minha mente uma verdade que deve ser o nosso estandarte. Precisamos além de deixar que brilhe cada vez mais o amor de Jesus em nossas vidas, também reconhecê-lo em nosso próximo. Isto é um desafio constante para o cristão. Reconhecer Jesus em nosso próximo dentro dos muros de nossa igreja é tarefa fácil. Afinal somos da mesma família. Professamos a mesma fé. Mas o verdadeiro amor cristão projeta-nos para fora dos muros e lá encontramos um outro mundo, muitas vezes imundo e carente de Jesus, portanto, mais do que nunca devemos deixar que este amor brilhe. Assim como refletimos a Jesus através de seu amor, precisamos também reconhece-lo naquela sociedade de excluídos, como crentes comissionados por Jesus Cristo para sermos os portadores do Evangelho da Salvação. O verdadeiro amor cristão nos conduz a buscar a Deus, e como chegar até Ele? Como praticar este amor diante de Deus? Na Palavra de Deus encontramos orientações claras para nos apresentarmos diante do Senhor, podemos ler no Segundo livro de Crônicas, capítulo 7, verso 14: "Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, orar e me buscar, e se converter de seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra" . 2 Crônicas 7.14 Temos que buscar a Deus em oração, com temor, ou seja, com humildade diante da sua majestade, e Ele ouvirá as nossas orações, nos perdoará e nos abençoará. Que Deus misericordioso! Precisamos estar conscientes de nossas responsabilidades, porque este amor cristão nos coloca em ação. Estarmos preparados para agir pelo Reino de Deus. Sabemos que somos salvos pela fé no sacrifício de Jesus Cristo, mas o apóstolo Tiago em sua epístola no capítulo 2, verso 26 nos diz: "Porque assim como o corpo sem espírito é morto, assim também a fé sem obras é morta". Tiago 2.26 No momento que nos colocamos a praticar o verdadeiro amor cristão, somos levados pelo Espirito Santo de Deus a agir. E esta ação SEMPRE estará centrada no nosso próximo. O ensinamento que Tiago nos dá é que não somos salvos pelas boas obras mas PARA as boas obras, e as boas obras refletem na verdade a prática deste amor. Gostaria de desafiar a cada irmão neste momento a refletir sobre sua vida cristã. Você tem cumprido com o mandamento de Jesus Cristo? Qual tem sido seu testemunho cristão? Você tem sido reconhecido como discípulo de Jesus pelo amor que tem irradiado? Qual a sua contribuição para sua igreja? Estas questões devem estar constantemente em nossos corações, como forma de nos orientar a agir com amor a favor de nosso próximo. Será que você ama as coisas e usa as pessoas, ou ama as pessoas e usa as coisas!

terça-feira, 14 de agosto de 2012

O CAPACETE DA SALVAÇÃO.

O CAPACETE DA SALVAÇÃO Aprendemos que o capacete da salvação é a parte da armadura espiritual que nos fornece um estilo de vida esperançoso e que nos possibilita a salvação final. Isto quer dizer que o capacete da salvação nos faz viver neste mundo com a esperança do próximo. Esta esperança recebe o nome de salvação! Esta salvação nos é apresentada em 3 (três) grandezas: passada, presente e futura! Sobre a grandeza passada A grandeza passada da salvação é aquela que nos livrou da penalidade do pecado, pois independentemente de nós merecermos ou não (graça), nós fomos salvos através da profissão de fé no Senhor Jesus. Analise comigo as seguintes passagens: "Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus" (Ef 2:8). "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna" (Jo 3:16). Sobre a grandeza presente Assim sendo, quando abordamos sobre a grandeza presente da nossa salvação isto indica que estamos sendo salvos dos nossos pecados em nossa vida diária. Assim sendo, para sermos verdadeiramente libertos devemos, diariamente, dar os seguintes passos: 1º) Leitura e meditação da Palavra de Deus. 2º) Oração com fé e determinação. 3º) Atitudes que condizem com tudo o que cremos e confessamos. "Porque a palavra da cruz é loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus" (I Cor 1: 18). Sobre a grandeza futura A esperança é a condição necessária para o início de qualquer empreendimento na nossa vida. Imagine, por exemplo, uma corrida sem uma linha de chegada. O que aconteceria? Ora, os corredores ficariam sem estímulos porque saberiam que aquela corrida não teria fim! Assim também deve ser em relação à nossa salvação: Quando olhamos para frente e enxergamos a nossa redenção final, dentro de cada um de nós passa a existir uma real e viva esperança. Desta maneira conseguimos nos fortalecer e, consequentemente, suportamos as dificuldades desta vida. Em outras palavras, a esperança é a fé futura! O apóstolo Paulo foi inspirado pelo Espírito Santo para nos relatar a sua experiência pessoal sobre a grandeza futura da salvação: "Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim, prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus" (Fp 3: 13,14). Por isto é chegada a hora de assumirmos de vez o nosso compromisso com o Senhor Jesus e nos vermos como parte da Sua Igreja. É hora de analisarmos que as nossas possíveis tribulações e problemas, por maiores que possam ser, não irão tirar de nós o eterno peso da glória que virá. O apóstolo Paulo também descreveu em detalhes algumas de suas provações, sem deixar que elas substituíssem a esperança da salvação em sua vida. "Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós um eterno peso de glória mui excelente; não atentando nós nas coisas que se não veem; porque as que se veem são temporais, e as que se não veem são eternas" (2 Cor 4: 17,18). "Recebi dos judeus cinco quarentenas de açoites menos um. Três vezes fui açoitado com varas, uma vez fui apedrejado, três vezes sofri naufrágio, uma noite e um dia passei no abismo; em viagens muitas vezes, em perigos de rios, em perigo de salteadores, em perigo dos da minha nação, em perigo dos gentios, em perigos na cidade, em perigos no deserto, em perigos no mar, em perigos entre os falsos irmãos; em trabalhos e fadiga, em vigília muitas vezes, em fome e sede, em jejum muitas vezes, em frio e nudez. Além das coisas exteriores, me oprime cada dia o cuidado das igrejas" (2 Cor 11: 24-28). Conclusão sobre o capacete da salvação O que você acha que lhe dará, nesta vida, alegria, satisfação e paz? Casar?... Sem Cristo, não. Se você tem problemas financeiros e recebe mais dinheiro, acha que isto resolverá a sua situação?... Sem Cristo, não. Não precisamos depender de pessoas, de propriedades e de circunstâncias para darmos sentido e satisfação a nossa vida. Necessitamos, acima de tudo, de colocar o capacete da salvação! Desta maneira, os sofrimentos e os desapontamentos da vida não conseguirão nos destruir. Poderemos desfrutar verdadeiramente das coisas boas da vida, pois trazemos viva a esperança da salvação dentro de nós (Jo 3:16).

Amor e Caridade.

"Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine. E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria" - 1 Coríntios 13:1 O crente jamais será fiel e verdadeiro se apenas falar desse amor e não praticá-lo... Podemos estudar a bíblia inteira, saber de cor muitos versículos e sermos a pessoa mais sábia do mundo. Mas se não possuirmos esse amor que brota no coração através do novo nascimento, nada seremos. Seremos um crente nominal, denominacional, mas jamais um crente genuíno. Estaremos sempre odiando e causando contendas, mostrando um amor social e superficial. Diferenças entre amor e caridade: O amor referido nos versículos acima se refere ao mandamento de amar a Deus acima de todas as coisas e ao próximo como a si mesmo. Quando o crente tem esse amor, ele mostrará esse amor a Deus através da obediência ao Evangelho: não se prostra diante de ídolatrias, não cede espaço ao pecado (ódio, ira, contendas,etc) não segue falsas doutrinas, não ousa ir contra os mandamentos das Escrituras Sagradas, e respeita ao próximo de tal maneira que será incapaz de praticar qualquer mal contra algum irmão ou quem quer que seja. Com esse amor, o crente é capaz de "orar" até pelos seus inimigos. Esse amor é o amor previsto no mandamento de Deus. Sem ele, podemos até conhecer a Bíblia inteira, mas não teremos o novo nascimento. Continuaremos "mortos" para Deus. Alguns estudiosos separam o amor da caridade, explicando que a caridade (não no conceito vulgar) é o amor perfeito. Quando atingimos a perfeição no amor, chegamos à caridade, e passamos a ter capacidade de amar como Deus ama, a ponto de amar o próximo acima de nós mesmos, como fez Jesus Cristo. Ele nos amou tanto, que foi capaz de desprezar a sua própria vida, e entregá-la como sacrifício em favor da nossa salvação: o justo pagando pelos pecados dos pecadores. Por isso, houve variação na tradução do mesmo versículo em versões diferentes da Bíblia João Ferreira de Almeida. A igreja deve sempre andar "em amor", conforme o mandamento. Mas sabemos que a caridade é o amor perfeito, no seu conceito máximo, pois está acrescido pela vontade de servir ao próximo mais do que a si próprio. Esse conceito dificilmente será encontrado em livros ou estudos teológicos e nos revela a importância da prática do "amor", como sinal do "novo nascimento". O amor é fruto do novo nascimento, e nos torna incapazes de praticar o mal. Seguindo na prática do amor, podemos atingir a perfeição e chegar ao amor perfeito, que é a caridade. Concluímos, então, que o amor tem vários graus, sendo a caridade o seu mais alto nível.vemos que essa palavra e muito forte abaixo. Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine. Hoje em dia vemos na televisão lideres que carregam grandes multidoes,a grandes milagres,aparentemente incrivel, mais veja na espressão desse lider que ministra tantos milagres, o geito agressivo contra pessoas humildes, e faz de tudo por amor ao dinheiro, falsas lagrimas, fico olhando como existe pessoas que ainda acredita nesses milagres que por fim so vai levar a idolatria, realmente falta o mais importante que o amor. o crente verdadeiro precisa esta atento, estamos no tempo do fim. o verdadeiro amor venceu a morte de Cruz, cuidado para não darmos essa honra a um simples mortal, que deseja ver o seu Pai na fé, destruido.

sábado, 11 de agosto de 2012

Réplica da Arca de Noé.

Homem conclui construção de réplica da Arca de Noé com a exata dimensão dada na Bíblia.
A porta central maciça no lado da arca de Noé foi inaugurada em meio a multidão de cidadãos curiosos - " eis a maravilha" . Claro, é apenas uma réplica da arca bí­blica, construí­da pelo holandês criacionista, Johan Huibers, como um testemunho de sua fé na verdade literal da Bíblia.
A Arca tem dois terços do comprimento de um campo de futebol e tão alta como uma casa de 3 andares.
modelos de girafas, elefantes, leões, crocodilos, zebras, bisontes e outros animais cumprimentam visitantes à medida que eles chegam às principais áreas da Arca .
Um empreiteiro, Huibers construiu a arca de cedro e pinho exatamente do mesmo material utilizado por Noé. Huibers fez o trabalho com suas próprias mãos, utilizando ferramentas modernas e com a ajuda ocasional de seu filho, Roy. A construção começou em maio de 2005.
Visitantes no primeiro dia ficaram atordoados. «Compreensão do passado", afirmou Mary Louise Starosciak, que passeava de bicicleta com seu marido ao lado da Arca.
"Eu conhecia a história de Noé, mas eu não tinha idéia de como o barco teria sido tão grande, existe espaço suficiente próximo da quilha para umas 50 pessoas, tem cinema, teatro onde as crianças podem assistir a um vídeo que conta a história de Noé e sua arca . Huibers, um homem cristão, disse que espera que o projeto renove o interesse pelo cristianismo na Holanda, onde a igreja caiu drasticamente nos últimos 50 anos.
Agora que estou velho e de cabelos brancos..... consegui tempo para mostrar a esta nova geração (e seus filhos também) todos esses poderosos milagres. Salmos 71:18 . Na busca por mim, descobri a verdade. Na busca pela verdade, descobri o amor. Na busca pelo amor, descobri Deus. E em Deus, tenho encontrado tudo. Somente um Homem de Deus Para realizar essa Tremenda Obra Prima.estarei sempre orando por sua vida.

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Decepcionado quem Eu ? fala serio.

Decepções e más notícias sempre proporcionam a vontade de desistir. Não ceda! Renove suas força NO QUE DEUS PROMETEU A VOCÊ, Levante-se e recomece! Perseverança não é nunca ter apanhado. Mas sim, apesar de todas as surras, continuar lutando.Isso me faz lembrar de José. Traído por seus irmãos,Lançado em uma cisterna ,Vendido como escravo Exposto pelo que não fez Preso por erros que não cometeu, Esquecido por quem lhe devia gratidão, Ungidos nunca fica apontando culpados. Apesar de todas as decepções, conservava sua mente no Alvo na Revelação,Tanto que, ao ser Caluniado pela esposa de Potifar, seu senhor, resistiu calado. Após cada “pancada” que experimentava, José não ficava prostrado. Aprendia um pouco mais e levantava-se novamente. O resultado? injustiçado foi para o governo! Sim, tornou-se governador do Egito. E, posteriormente, declarou: “Deus me fez prosperar na terra onde tenho sofrido.” (Gn.41:52). “Uns encurvam-se e caem,mas nós nos erguemos e ficamos de pé.” (Sl.20:8), Porque desde a antiguidade, não se viu, nem com os ouvidos se percebeu, nem com o olhar se viu um Deus além de ti, que trabalhe para aquele que nele espera. Isaias 64:4 entenda essa palavra de Deus...é não desista porque as pessoas não acredita em você...firme sua Vida obedecendo as direções da Palavra com Certeza DEUS VAI lhe Honrar na Terra da sua Aflição. Você é Abençoado Por DEUS e Ponto Final.... No final de Tudo todos tem que ver com os proprios olhos, que voce e mais um "PROGRAMADO PARA VENCER". “Amaste a justiça e odiaste a iniquidade; por isso, o teu Deus te ungiu com o óleo da alegria mais do que a teus companheiros.” (Hebreus 1:9) NO FINAL DA SUA LUTA VOCE VAI SENTIR O OLEO DA ALEGRIA SOBRE VOCE. SORRIAAA. apostolojorgecastilho@hotmail.com

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Eu posso dizer Eu te Amo.

Em I Coríntios 13:4-7, a Bíblia nos fala sobre o amor. Ela diz que: "O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; não folga com a injustiça, mas folga com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta." No grego antigo, havia três palavras que significavam amor: "eros", "phileo" e "ágape". Eles usavam a palavra de acordo com o tipo de amor a que estavam se referindo. A palavra "eros" se referia ao amor sexual e, como sabemos, deve existir dentro do casamento. A 2a palavra "phileo" significava o amor que existia entre pais e filhos, e entre irmãos. Este tipo de amor, que se desenvolve com o tempo, também deve existir no casamento. Por último, temos o amor "ágape" que é o mais profundo e o mais sublime de todos. Este amor sempre caracterizou Deus. Em João 3:16 a Bíblia nos mostra o tão grande amor do nosso Deus quando diz: "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o Seu Filho..." Existe maior amor do que este? Encontramos também este amor expresso em I Coríntios 13:4-7 . Um casamento fundamentado no AMOR ÁGAPE pode sobreviver a qualquer tipo de tempestade, desencontros, desavenças, etc. Se alicerçamos nosso casamento no AMOR ÁGAPE, a palavra de Deus se torna realidade quando Ele diz: "o amor nunca acaba". Certamente este tipo de amor precisa ser aprendido e esta aprendizagem exige muito esforço e conhecimento. Todos precisamos aprender a amar. Mas, para que um casamento seja feliz é necessário existir estes três tipos de amor. Em I Coríntios 13:4-7, Deus nos mostra as 15 características do amor que eu e você devemos expressar em nossas vidas: 1. A Bíblia nos diz primeiramente que o amor é SOFREDOR. Se tenho dentro de mim esta qualidade de amar alguém, então custo a ficar zangado, Jamais devo levantar a voz ou perder a calma. 2. Em seguida, aprendemos que o amor é BENIGNO. Se tenho esta tão preciosa característica, então sou uma pessoa bondoso e criativo em pôr minha benignidade em prática. Procuro sempre elogiar em vez de criticar. Vejo sempre, na outra pessoa, algo positivo. 3. A Bíblia nos ensina também que o amor NÃO É INVEJOSO. Se possuo este tipo de amor, não fico com ciúmes quando a outra pessoa tem, por exemplo, um emprego melhor do que o meu; não fico inseguro se a outra pessoa é mais capacitado ou mais atraente do que eu. 4. O amor NÃO TRATA COM LEVIANDADE. Se realmente amo, como digo, então não procuro ser o centro das atenções nas conversas, nem me gabo das minhas habilidades, fazendo com que a minha noiva ou Minha esposa se sinta inferior ou deixado de lado. 5. A Bíblia continua dizendo que o amor NÃO SE ENSOBERBECE. Se tenho este tipo de amor, então não sou orgulhoso, nem arrogante diante da pessoa que amo. Não espero ser bajulado para fazer o que é de minha responsabilidade. Não procuro fama para mim mesmo. 6. O amor NÃO SE PORTA COM INDECÊNCIA. Com esta outra característica do amor, não sou grosseiro para com a pessoa que amo. Não sou sarcástico nem crítico. Procuro, cada vez mais, demonstrar meu amor com cortesia. 7. Na Palavra de Deus vemos também que o amor NÃO BUSCA OS SEUS INTERESSES. Este tipo de amor não é "auto-centralizado" mas "outro-centralizado". Não me centralizo nem focalizo em mim, mas sim naquele a quem amo, buscando seu bem eterno, suas necessidades reais-eternas. Estou sempre procurando descobrir os interesses dela. Não sou possessivo com aquela pessoa que amo, não vivo exigindo os meus direitos e querendo que faça a minha vontade. 8. Aprendemos ainda que o amor NÃO SE IRRITA. Se amo, não me exaspero, nem fico facilmente amargurado. Se amo não procuro ficar sempre na defensiva, nem sou super- sensível. 9. O amor NÃO SUSPEITA MAL. Se amo verdadeiramente, tenho que demonstrar que, de todo meu coração, confio em quem amo e tenho dentro de mim a capacidade de perdoar. Não procuro me vingar pagando o mal com o mal. 10. A Bíblia nos diz que o amor NÃO FOLGA COM A INJUSTIÇA. Com este amor na minha vida, nunca vou me regozijar quando a pessoa que amo falha, nem quando recebe a justa punição, muito menos quando recebe injustiça, seja ela pequena ou grande. 11. O amor FOLGA COM A VERDADE. Se é só a pessoa que amo que recebe o elogio ou recompensa que em parte também caberia a mim, eu assim mesmo me alegro. 12. Deus nos ensina que o amor TUDO SOFRE. Se amo, sou capaz de suportar qualquer tipo de provação ou angústia pelo bem daquele a quem amo. 13. O amor TUDO CRÊ. Com este amor, confio na pessoa que amo. Creio nela e no seu valor diante de Deus. 14. O amor TUDO ESPERA. Se estou realmente amando, creio que Deus está agindo na vida da pessoa que amo, trabalhando e moldando como o oleiro faz com o barro. Nunca desanimo. 15. O amor TUDO SUPORTA. Pela pessoa que amo sou capaz de tudo suportar. Não fico desanimado, nem triste. Finalmente, podemos dizer que o AMOR ÁGAPE é aquele amor que se dá e se sacrifica pelo mais alto bem da outra pessoa. Tal sublime amor prático é completamente abnegado, ou seja, busca o que é melhor para aquele que ama. O AMOR ÁGAPE também é dedicado, ou seja, continua amando aconteça o que acontecer. Um excelente treinamento para o casamento: "Mostre amor pelas pessoas da sua família. Lembre-se que você não tem que esperar até 'sentir' amor. Aja agora e procure amá-las. mostre realmente que voce nasceu para amar, que voce jamais sera um objeto, voce que e dever amar a cada dia mais. com isso te convido a fazer o grande gesto de AMOR ÁGAPE,aquele amor Por excelencia, amor imcomparavel. faça Missões doe seu amor ao Proximo, e facil vai ao lado direito desse Blog e participe onde esta escrito Missões, Pronto Deus concerteza vai se alegrar com voce. EU POSSO DIZER EU TE AMO, E VOCE? Apostolojorgecastilho@hotmail.com