sexta-feira, 30 de novembro de 2012

"OLHE PARA O LADO""JESUS" : ESTE NOME TEM PODER

Hoje foi Tremendo ao me levantar, eu liguei para o Brasil, para conversar com uma ovelha que Deus me deu a mais de 15 anos atraz, devido a Distancia ja que eu moro atualmente nos Estados Unidos, ficamos algum Tempo se se falar, Porem a ultima vez que nos falamos, ela me falou de algumas lutas que estava passando, eu a creio que usado por Deus disse a Ela ? Filha de Deus "Olhe Para o Lado", isso foi dito em parabolas devido a luta que ela enfrentava, e logo Depois Deus mostrou a ela que ao lado de sua casa estava o seu grande amor, amor que este que viria a ser seu marido logo Depois, ela se casou e ela se encontra muito feliz com o seu esposo. quero mais uma vez falar com voce meu amigo e minha amiga, quando uso a palavra de Deus, uso com muita certesa e autoridade no nome de Jesus Cristo, por isso Deus trabalha de forma clara sobre aquilo que Profiro, isso sim e o Evangelho de Resultado Imediato, Deus nos deu o segredo para a vitoria e esse segredo esta no nomse do Seu Filho, Jesus Cristo Vejamos o que esse nome nos Diz?
"JESUS" : ESTE NOME TEM PODER
Em nenhum outro há salvação,porque debaixo do céu nenhum outro nome há,dado entre os homens,pelo qual devamos ser salvos.Atos 4:12
Qual é a importância do NOME DE JESUS ?
A Bíblia é bem clara não há outro nome pelo qual devamos ser salvos.
Muitos cristãos não estão dando tanto valor a este Nome. Sabemos portanto que o poder está no NOME DE JESUS,e muitas vezes seus atuais seguidores não o usam de maneira correta ,ou não dão tanto crédito.
Os cristãos primitivos sabiam da importância deste nome,pois este é revestido de autoridade e poder. Pedro disse ao coxo: Não tenho ouro,nem prata,mas o que eu tenho eu te dou,em
NOME DE JESUS CRISTO,o nazareno,levanta e anda,e naquele momento o mesmo ficou curado.At 3:6
Pedro lhe deu muito mais do que o ouro e a prata,lhe deu saúde que só o Criador pode dar e o dinheiro não pode comprar .
Para o coxo,o que tinha mais valor,todo o ouro do mundo ou a sua cura?
Sem sombra de dúvidas,a sua cura.
Está claro que nada é impossível para o Senhor.
O discípulo sabia que tinha que proferir o NOME,pois Jesus recebeu todo poder e autoridade nos céus e na Terra.
E chegando-se Jesus ,disse: É me dado TODO o poder no céu e na Terra,portanto IDE...Mt 28:18
Quando Jesus ressuscitou passou este poder para os que criam em seu nome dizendo : Estes sinais seguirão os que crerem, em MEU NOME expulsarão os demônios,falarão novas línguas,porão as mãos sobre os enfermos e os curarão.Mar 16:17,18
Então Jesus nos deu uma procuração?
Sim.Ele nos deu o seu NOME ,para fazermos maravilhas.Ele assinou um cheque em branco com o seu poderoso nome,para que nós o preenchêssemos com a quantia desejada.Mas muitos que não têm esta visão,ao invés de preencherem com uma grande quantia preencheram com um pequeno valor.

O segredo de nosso sucesso está em sabermos o valor do NOME DE JESUS. Em Isaias 9:6 está escrito...e o seu nome será Maravilhoso,Conselheiro,Deus Forte,Pai da Eternidade,Príncipe da Paz. Fp 2:9-10 ...
Deus o exaltou soberanamente ,e lhe deu um NOME que é sobre todo o nome. Para que ao NOME DE JESUS,se dobre todo o joelho dos que estão nos céus,na Terra e debaixo da Terra.E que toda língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor,para a glória de Deus Pai. Quando orarmos devemos citar o NOME DE JESUS,para que nossa oração seja atendida.
Jo 16:24 Até agora,nada pedistes EM
MEU NOME, pedi e recebereis,para que a vossa alegria se cumpra.

Pois Jesus disse : Toda autoridade me foi dada no céu e na Terra.
Sendo assim Ele pode tudo.
Em Mt 18:20 Onde estiverem dois ou três reunidos em MEU NOME aí estou no meio deles. Veja Ele,o Todo Poderoso,o que era,o que é, o que há de vir,está conosco no poder e na autoridade do seu NOME.
Ele quer agir no meio daqueles que o amam e o louvam verdadeiramente.


Ele é a expressão exata de Deus,toda a plenitude de Deus estava Nele,Ele é o Verbo que se fez carne e habitou entre nós.
Jesus morreu por todos os homens,levando seus pecados.
Ele tornou aquilo que éramos,a fim de que nos tornássemos aquilo que Ele é.
II Cor 5:21 Aquele que não co
nheceu pecado,o fez pecado por nós,para que Nele,fôssemos feitos justiça de Deus.

Jesus herdou um mais excelente nome do que os anjos. Hb 1:4
O NOME de Jesus agora nos pertence. Temos o direito de usarmos este Nome contra nossos inimigos,em nossas petições,em nossos louvores,em nossa adoração, para curar os enfermos, falar
novas línguas,expulsar os demônios,e principalmente no batismo.

Os discípulos entenderam que o poder estava no Nome de Jesus,tanto é que quando Jesus disse para que eles batizassem em Nome do Pai,do Filho e do Espírito Santo,eles mencionaram com muita convicção o NOME DE JESUS ,em todos os batismos citados na palavra de Deus.

Os religiosos muitas vezes desprezam o nome do Senhor ,não dão tanto valor,crédito.As vezes até criticam os que falam e exaltam o Nome de Jesus.
Mas vocês só falam no nome de JESUS? Mas eu lhe pergunto:
Há outro nome mais poderoso do que este ? NÃO.A palavra de Deus é clara,tudo é feito neste nome.


Veja, também naquela época,chamaram os discípulos e disseram-lhes que absolutamente NÃO falassem,nem ensinassem no NOME DE JESUS . At 4: 18 .Por quê?
Porque este nome tem poder,incomoda,e é só clamar o seu nome para sermos salvos.
Se você ler com cuidado e atenção as escrituras,ou seja a nova aliança ,verá que é só invocar o seu NOME,para que sejamos atendidos em todos os sentidos,pois Jesus é vencedor !

Os discípulos faziam tantos milagres...;será que era somente para aquela época? Não.Temos que tomar posse deste nome,pois Nele há poder e autoridade.
Somos lavados,santificados,perdoados,dirigidos,justificados neste NOME. I Cor 6:11
Em I Jo 3:23 E o seu mandamento é este: Que creiamos no nome de Jesus Cristo... Esta é a nova aliança,que nos amemos uns aos outros e damos graça ao seu Nome.
O nome de Jesus nos pertence,e sabemos que nele há poder,há glória, majestade, e autoridade.
JESUS É O MESMO ONTEM,HOJE E ETERNAMENTE .HB 13:8
Portanto quando oramos em nome de Jesus,estamos usando seu poderoso Nome, para levar a efeito a sua autoridade aqui na Terra.


Baseados sempre que neste NOME há poder,podemos curar os enfermos,levantar os coxos,abatidos,dar vista aos cegos,ressuscitar mortos,basta apenas crermos assim como os discípulos creram, e termos esta revelação de que O NOME DE JESUS é o nome sobre todos os nomes,nos céus e na Terra.

O próprio nome tem em si o poder de operar milagres,até o dia de hoje. O cristianismo começou com milagres e hoje,muitos pastores dizem que foram necessários,mas somente para aquela época,para divulgação do evangelho.
Onde está escrito que foi só para aquela época? A Bíblia é bem clara:...estes sinais seguirão aos que crerem...
Enfim o NOME DE JESUS significa : salvação,libertação,segurança,proteção,cura.. Em nenhum outro nome há cura,em Mt 8:17 diz: Ele tomou sobre si as nossas enfermidades e levou nossas doenças.
Estamos livres,nenhuma condenação há para quem crê em Jesus.

Portanto fazer a vontade de Deus é divulgar,pregar este nome maravilhoso que foi dado como herança para os que crêem,recebendo poder,dons de cura,libertação.É de tamanha importância recebermos o Nome do noivo no batismo nas águas,através deste ato,reconhecemos que JESUS ESTÁ NO CONTROLE DE TUDO,tendo esta revelação do alto é que os discípulos batizavam EM NOME DE JESUS.A igreja é considerada a esposa de Cristo,portanto deve levar o seu Nome.
Com todo ensinamento que hoje escrevo te convido a olhar para o lado? sim hoje te convido a olha para o lado desse Blog, e ver onde esta o convite para vc se ajuntar a nos,e ser mais um coloborador da palavra de Deus venha fazer parte do "Projeto amor  Sem Fronteiras" seja socio e nos ajude a ajudar muitas pessoas que precisam de ajuda, essa ajuda e para alimentos, doe,sim Doe o seu Pouco e Juntos somando Sera Muito, e facil, pergunte a Deus se voce deve ser um dizimista ou ofertante do Projeto Amor sem Fronteiras, ao lado direito vc tem um link Doar. Pronto Click ali e doe o valor que vc desejar. acredite o sistema Paypal e seguro e o numero do seu cartao de debito ou credito nunca sera clonado. eu te garanto isso. palavra do Apostolo Jorge Castilho. comente abaixo o que Deus esta fazendo atravez desse blog na sua vida. Paz fique com Deus.

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

O Caminho do Dicipulo.




Mas faço-vos saber, irmãos, que o evangelho que por mim foi anunciado não é segundo os homens.
Porque não o recebi, nem aprendi de homem algum, mas pela revelação de Jesus Cristo.
Porque já ouvistes qual foi antigamente a minha conduta no judaísmo, como sobremaneira perseguia a igreja de Deus e a assolava.
E na minha nação excedia em judaísmo a muitos da minha idade, sendo extremamente zeloso das tradições de meus pais.
Mas, quando aprouve a Deus, que desde o ventre de minha mãe me separou, e me chamou pela sua graça,
Revelar seu Filho em mim, para que o pregasse entre os gentios, não consultei a carne nem o sangue,
Nem tornei a Jerusalém, a ter com os que já antes de mim eram apóstolos, mas parti para a Arábia, e voltei outra vez a Damasco.
Depois, passados três anos, fui a Jerusalém para ver a Pedro, e fiquei com ele quinze dias. 
Gálatas 1:11-18.


Após a conversão de Paulo, ele desapareceu no deserto por três anos, período durante o qual o Espírito Santo, instruiu-o nos caminhos de Deus. Ele saiu, pronto para comunicar a verdade divina.

O Senhor fala aos crentes para que possam compreender a verdade, e estar de acordo com a verdade, e comunicar a verdade. Estes mesmos passos formam um roteiro para o discipulado. O que aconteceu durante os anos de Paulo no deserto foi apenas o início de um processo ao longo da sua vida, Deus renovou a sua mente e transformou-o à imagem de Cristo. Para o apóstolo,  a mudança começou com a conexão de seu rico conhecimento bíblico para a revelação de que Jesus Cristo era o Filho de Deus.

Paulo conhecia as Escritura completamente, mas a verdade de que Jesus era o Messias prometido o fez reconsiderar a fundação que ele tinha e era confiante. Tudo o que ele sabia sobre Deus teve que ser reavaliados à luz desta nova informação. Paulo tinha uma história de querer agradar a Deus, assim o Espírito Santo, sem dúvida encontrou um aluno disposto.

O Espírito do apóstolo tinha de ser moldado de acordo com a vontade do Pai. E o Senhor continuou a trabalhar com ele. muito tempo depois , Paulo deixou o deserto e começou seu ministério. Cada pessoa que lê as cartas é um testemunho da obra de Deus em um homem submisso.

Roteiro do paulo ja discipulado é semelhante para cada crente. Como Paulo, você é estudante do Espírito Santo, eo conhecimento que você colher a partir da Escritura deve mudar a sua vida. Seja como o apóstolo neste caminho para se tornar um fabricante de discípulo, compartilhando o que aprender com os outros.

precisa de Oração.  pastorjorgecastilho@hotmail.com

terça-feira, 27 de novembro de 2012

SERIE ESTUDO "O JEJUM QUE AGRADA A DEUS".


Jesus, em seu mais conhecido sermão, destacou três aspectos básicos da nossa espiritualidade: as esmolas, as orações e o jejum (Mateus 6:1-18). As esmolas revelam uma espiritualidade voltada para a solidariedade com o próximo; as orações, uma espiritualidade voltada para a intimidade com Deus; finalmente, o jejum, uma espiritualidade voltada para o autoconhecimento e a autodisciplina. Todas marcadas pela sinceridade de um coração devoto e pela discrição do adorador, cujo interesse é agradar exclusivamente a Deus.
Isaías foi o profeta que mais desenvolveu o tema do jejum (58:1-12). Falando em nome do Senhor, denunciou um jejum baseado unicamente em privação e sofrimento, como se Deus tivesse prazer em torturar o ser humano que criou. Também condenou os que jejuavam em desconexão com a oração e a solidariedade, eximindo-se da responsabilidade de transformar o mundo pela ética e o poder do reino de Deus. O Jejum que Deus escolheu é aquele que se priva do alimento para colocar o mesmo alimento na mesa do próximo, sobretudo quando é necessitado e oprimido.
Destes textos decorrem três importantes afirmações sobre o jejum:
1. O Jejum não pode ter um motivo pessoal, um interesse, um objetivo particular a conquistar. Não é uma espécie de greve de fome, que vise sensibilizar o Poder, para que atenda às reivindicações do que se priva de comer. Não é um reforço para a oração, como se ela se tornasse mais forte com a presença do jejum. É uma vitória sobre nós mesmos. Uma declaração de que não temos interesses ou necessidades que superem nossa carência de Deus e Sua palavra. “Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus” (Mateus 4:4).
2. O Jejum não pode basear-se unicamente em ausência ou privação. Não pode ser simplesmente um deixar isso ou aquilo. Deve ser oportunidade de serviço e dedicação, solidariedade e fé. Se o jejum interesseiro é greve de fome, o jejum como deixar de comer é regime e contribui somente para a perda de peso. O jejum que agrada a Deus é aquele em que, ao invés de comer, o adorador dedica-se à oração ou ao exercício da misericórdia. Trata-se de uma substituição. Com o jejum declaramos ao nosso próprio corpo que as necessidades do reino e da fé são maiores que as necessidades físicas.
3. O Jejum não poder ser público, conhecido, divulgado. Não é oportunidade de autopromoção e não deve ser propagandeado. Não é indicado em tempos de festa e alegria, para não vitimizar o adorador diante dos seus pares, mas deve ser preferido em tempos de introspecção e redirecionamento, como um auxílio na descoberta de propósito e no preparo para as provas que virão. O jejum que se divulga, ainda que alegando intenções como motivação ou exemplo, deixa de ser jejum e passa a ser exibição. Deixa de ser espiritual e passa a ser carnal. Não é o jejum que Deus quer.
Perguntaram a Jesus por que seus discípulos não jejuavam. Ele respondeu que era por causa de sua presença com eles. Quando estivesse ausente, jejuariam (Marcos 2:18-20). E é por isso que jejuamos: nossa sede da presença de Jesus.

domingo, 25 de novembro de 2012

Homens de Deus vão a Luta.




Vigiai, estai firmes na fé, portai-vos varonilmente e fortalecei-vos. 
(I Cor 16.13) 



                             Homens de Deus  vão a Luta .

Vigiai, estai firmes na fé, portai-vos varonilmente e fortalecei-vos. 
(I Cor 16.13) 

A igreja, neste momento, precisa de homens, o tipo certo de homens, homens ousados. Afirma-se que necessitamos de avivamento e de um novo movimento do Espírito; Deus, sabe que precisamos de ambas as coisas. Entretanto, Ele não haverá de avivar ratinhos. Não encherá coelhos com seu Espírito Santo.

A igreja suspira por homens que se consideram sacrificáveis na batalha da alma, homens que não podem ser amedrontados pelas ameaças de morte, porque já morreram para as seduções deste mundo. Tais homens estarão livres das compulsões que controlam os homens mais fracos. Não serão forçados a fazer as coisas pelo constrangimento das circunstâncias; sua única compulsão virá do íntimo e do alto.

Esse tipo de liberdade é necessária, se queremos ter novamente, em nossos púlpitos, pregadores cheios de poder, ao invés de mascotes. Esses homens livres servirão a Deus e à humanidade através de motivações elevadas demais, para serem compreendidas pelo grande número de religiosos que hoje entram e saem do santuário. Esse homens jamais tomarão decisões motivados pelo medo, não seguirão nenhum caminho impulsionados pelo desejo de agradar, não ministrarão por causa de condições financeiras, jamais realizarão qualquer ato religioso por simples costume; nem permitirão a si mesmos serem influenciados pelo amor à publicidade ou pelo desejo por boa reputação.

Muito do que a igreja faz em nossos dias, ela o faz porque tem medo de não fazê-lo. Associações de pastores atiram-se em projetos motivados apenas pelo temor de não se envolverem em tais projetos.

Sempre que o seu reconhecimento motivado pelo medo (do tipo que observa o que os outros dizem e fazem) os conduz a crer no que o mundo espera que eles façam, eles o farão na próxima segunda-feira pela manhã, com toda a espécie de zelo ostentoso e demonstração de piedade. A influência constrangedora da opinião pública é quem chama esses profetas, não a voz de Jeová. 

A verdadeira igreja jamais sondou as expectativas públicas, antes de se atirar em suas iniciativas. Seus líderes ouviram da parte de Deus e avançaram totalmente independentes do apoio popular ou da falta deste apoio. Eles sabiam que era vontade de Deus e o fizeram, e o povo os seguiu (às vezes em triunfo, porém mais freqüentemente com insultos e perseguição pública); e a recompensa de tais líderes foi a satisfação de estarem certos em um mundo errado. 

Outra característica do verdadeiro homem de Deus tem sido o amor. O homem livre, que aprendeu a ouvir a voz de Deus e ousou obedecê-la, sentiu o mesmo fardo moral que partiu os corações dos profetas do Antigo Testamento, esmagou a alma de nosso Senhor Jesus Cristo e arrancou abundantes lágrimas dos apóstolos. 

O homem livre jamais foi um tirano religioso, nem procurou exercer senhorio sobre a herança pertencente a Deus. O medo e a falta de segurança pessoal têm levado os homens a esmagarem os seus semelhantes debaixo de seus pés. Esse tipo de homem tinha algum interesse a proteger, alguma posição a assegurar; portanto, exigiu submissão de seus seguidores como garantia de sua própria segurança. Mas o homem livre, jamais; ele nada tem a proteger, nenhuma ambição a perseguir, nenhum inimigo a temer. Por esse motivo, ele é alguém completamente descuidado a respeito de seu prestígio entre os homens. Se o seguirem, muito bem; caso não o sigam, ele nada perde que seja querido ao seu coração; mas, quer ele seja aceito, quer seja rejeitado, continuará amando seu povo com sincera devoção. E somente a morte pode silenciar sua terna intercessão por eles. 

Sim, se o cristianismo evangélico tem de permanecer vivo, precisa novamente de homens, o tipo certo de homens. Deverá repudiar os fracotes que não ousam falar o que precisa ser externado; precisa buscar, em oração e muita humildade, o surgimento de homens feitos da mesma qualidade dos profetas e dos antigos mártires. Deus ouvirá os clamores de seu povo, assim como Ele ouviu os clamores de Israel no Egito. Haverá de enviar libertação, ao enviar libertadores. É assim que Ele age entre os homens. 

E, quando vierem os libertadores... serão homens de Deus, homens de coragem. Terão Deus ao seu lado, porque serão cuidadosos em permanecer ao lado dEle; serão cooperadores com Cristo e instrumentos nas mãos do Espírito Santo... 

Apostolo Jorge Castilho.

O Perdão que Agrada a Deus.





VERSÍCULO:
E quando estiverem orando, se tiverem alguma coisa contra
alguém, perdoem-no, para que também o Pai celestial lhes perdoe os
seus pecados. 
-- Marcos 11:25







     PENSAMENTO:
Para mim, este é um dos lembretes mais desafiadores da vontade
de Deus nas Escrituras. Eu devo perdoar outros! Quando eu recuso
fazer isso, sou cortado do rio de perdão que Deus tanto deseja me
dar. Ao passo que perdoar outros nunca é fácil, Deus não somente
deixou mandamento que fizéssemos isso, Ele também nos deu seu Filho
como exemplo de perdão. Além disso, ele prometeu nos capacitar para
podermos fazer a Sua vontade pelo poder do Espírito Santo. A
verdadeira questão: Nós deixaremos a amargura que guardamos contra
certas pessoas que nos ofenderam?
ORAÇÃO:
Querido Deus, eu quero perdoar (nome da pessoa) do pecado
cometido contra mim. Por favor, bloqueie a desconfiança e a
amargura do meu coração. Por favor, capacite-me para perdoar como
Jesus. Além disso, querido Pai, por favor, ensine-me o que
significa meu compromisso de perdoar em termos de mudança que
preciso fazer na minha vida. No nome de Jesus eu oro. Amém.

sábado, 24 de novembro de 2012

"Como posso ter minhas orações respondidas por Deus?"

Pergunta: "Como posso ter minhas orações respondidas por Deus?"

Resposta: 
Muitas pessoas acham que “oração respondida” é quando Deus concede o que foi pedido em uma oração a Ele oferecida. Se um pedido de oração não é concedido, geralmente se entende que a oração não foi respondida. Contudo, isto não é um correto entendimento em relação à oração. Deus responde cada oração que a Ele é elevada. O que devemos nos lembrar é que às vezes Deus responde “não” ou “espere”. Deus somente promete conceder o que pedimos em oração quando pedimos de acordo com Sua vontade. I João 5: 14-15 nos diz: “E esta é a confiança que temos nele, que, se pedirmos alguma coisa, segundo a sua vontade, ele nos ouve. E, se sabemos que nos ouve em tudo o que pedimos, sabemos que alcançamos as petições que lhe fizemos.”

O que significa orar de acordo com a vontade de Deus? Orar de acordo com a vontade de Deus é orar por coisas que honram e glorificam a Deus e/ou orar por coisas que a Bíblia claramente revela serem da vontade de Deus que tenhamos. Se orarmos por coisas que não honram a Deus ou que não sejam da vontade de Deus para nossas vidas, Deus não nos dará o que pedimos. Como podemos saber qual a vontade de Deus? Deus promete nos dar sabedoria quando por ela pedirmos. Tiago 1:5 proclama: “E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada.” Familiarize-se com o que diz a Bíblia sobre a vontade de Deus para sua vida. Quanto mais entendermos a Palavra de Deus, melhor saberemos o que pedir. Quanto mais soubermos o que pedir em oração, mais efetiva será nossa vida de oração.concerteza se voce fizer Missoes voce vai ver sua vitoria chegar muito mais rapido. Deus te abençoe .

"PROJETO AMOR SEM FRONTEIRAS".

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Massacre Na Nigeria. Crentes sofrendo e Morrendo e voce o que vai fazer?

Enqunto isso no brasil Cristao brigando pra ver quem prega mais, quem canta mais, quem tem a igreja mais grande e mais cheia e por ai vai.
ta na hora de tomar vergonha na cara e viver um cristianismo de verdade nao esse cristianismo meia boca que muitos tao vivendo ai, o Cristianismo de iniquidade, sem amor, chegor a hora de  Fazer Missões, isso mesmo a hora e agora. vem comigo e junte-se a um evangelho de amor e sem Ganância.. vamos juntos nessa nova tarefa, "PROJETO AMOR SEM FRONTEIRAS" seja socio voce tambem.

E abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; e em ti serão benditas todas as famílias da terra.” Gn. 12:3

Por que será que Deus escolheu Abraão? Não poderia ter sido Natanael, Zorobabel ou Metuzaleu, jovens inteligentes, promissores e talentosos e cheios de saúde, assim como o filho de Terá? Bem, isso não importa! O que importa é que o braço invisível tem seus próprios movimentos, sua vontade soberana, suas escolhas pessoais. Não cabe a nós, meros mortais, perguntar porque a roda da vida gira do jeito que gira, mas aceitar sua dinâmica e tentar acompanhar seu passo, quando der.
Deus não escolheu Abraão por causa de seu pedigree social, sua aparência “sarada” ou sua capacidade de fazer dinheiro. Deus tinha em mente um propósito missional: que Abraão se tornasse o tronco de uma grande árvore capaz de produzir uma cultura marcada pelos valores divinos, que humanizam os homens e os tornam mais solidários e menos intolerantes; mais preocupados com a condiçào do outro e menos egoístas; mais espiritualizados e menos materialistas; mais compassivos e menos regralistas; mais espontâneos e menos rígidos. Isso, creio, era o que Deus tinha em mente quando disse a Abraão que ele seria uma benção.
Ao mesmo tempo em que Deus prometeu abençoar Abraão, exigiu que ele fosse uma benção. A segunda coisa, na verdade, era condição da primeira. Isso nos ensina que, antes de sermos abençoados, devemos procurar abençoar; antes de receber, devemos aprender a dar, “pois é dando que se recebe...” Já canta o católico franciscano. Na lógica do reino de Deus “mais bem-aventurada coisa é dar, que receber.”
Nossa inclinação natural é de fazer de nosso umbigo o centro do universo. Queremos que as pessoas, os ambientes, as circunstâncias e seus derivados trabalhem para nos favorecer. Assim, quando as coisas não andam bem no casamento, no trabalho, na igreja ou mesmo na vizinhança, o problema é sempre o outro. Nossas expectativas, quando não atendidas, nos levam a apontar o comportamento alheio como causa. Quase nunca nos colocamos como parte do problema e, mais raramente ainda, como parte da solução.
A chamada de Abraão, com suas promessas e exigências, nos ensina que a vida que tem sentido é a vida missional: aquela que tem um sentido de missão. Fora disso, tudo o mais que conseguimos produzir vira pó ou apodrece. Quando chegar aquele dia inevitável, o que vai contar mesmo é o que fizemos no sentido de cumprir nossa missão.
Assim como o apóstolo Paulo, devemos descobrir, o mais cedo possível, qual é o nosso “bom combate.” Isso, porque, sinceramente, passar a vida lutando uma luta que não é a nossa, ou seja, uma missão que não nos pertence, não só deixa de valer a pena, como também é uma irreparável perda de tempo. E tempo, meu amigo, é uma coisa que jamais volta.junte-se a nos, e conquiste se lugar , acredite voce nasceu destinado ao sucesso so depende de voce. venha fazer parte do Projeto Amos Sem Fronteiras. e seja feliz.seja voce tambem uma amigo, ou amiga de Deus. assim como foi Abraão.

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

PORQUE FAZER MISSÕES ?


PORQUE FAZER MISSÕES É UMA TAREFA TÃO URGENTE?
Por que fazer missões deve ser a missão da igreja? Por que a igreja deve levar a mensagem do evangelho para os de perto e os de longe? Por que o território de ação da igreja deve estender-se até aos confins da terra?
Em primeiro lugar, porque o homem sem Cristo está perdido. Não há salvação sem Cristo. Nenhuma religião pode salvar. Nenhuma religião pode nos reconciliar com Deus. O mundo está saturado de muitas religiões, enquanto a humanidade perece. Não é verdade que toda religião é boa e que todo caminho leva a Deus. Há caminhos que ao homem parecem direito, mas ao fim são caminhos de morte. A ignorância não é outra porta para o céu. Quem sem lei pecar, sem lei perecerá. A não ser que a igreja anuncie o evangelho a todos os povos não haverá esperança de salvação para eles. Só Cristo é a porta do céu, só ele é o caminho que conduz a Deus. Só ele é o mediador entre Deus e os homens.
Em segundo lugar, porque a obra de Cristo já foi consumada. A salvação é uma obra planejada por Deus, consumada por Cristo e aplicada pelo Espírito Santo. Tudo já foi feito. Não resta mais nada por fazer. Cristo já morreu e ressuscitou. Ele já enviou o Espírito Santo para capacitar a igreja e já deu a ela o evangelho e o poder para proclamá-lo. Agora, cabe à igreja ir ao mundo e anunciar que o banquete da salvação está pronto.
Em terceiro lugar, porque não há outro evangelho a ser pregado a não ser o evangelho das insondáveis riquezas de Cristo. Fazer missões não é pregar cultura, religião nem doutrinas de homens. Muitos têm pregado um outro evangelho, um evangelho híbrido, sincrético, místico; um falso evangelho, um outro evangelho. Mas, só há um evangelho; ele não pode ser mudado nem adulterado ao nosso bel prazer. Não podemos tirar nada dele nem acrescentar nada a ele. Toda mensagem que tira o foco da cruz de Cristo e da sua obra perfeita e consumada na cruz é um falso evangelho que engana os homens em vez de levá-los à fonte da vida eterna.
Em quarto lugar, porque só a igreja de Cristo está credenciada a pregar o evangelho. Só há um evangelho e só há uma agência do reino credenciada a pregar o evangelho a toda a criatura, em todo o mundo, a igreja de Cristo. Se nós nos calarmos, seremos tidos como culpados. A igreja é o método de Deus para alcançar o mundo. Nenhuma embaixada humana, por mais nobre que seja tem competência para anunciar as boas novas da salvação. Nem mesmo os anjos podem desincumbir-se dessa gloriosa tarefa. Ela é nossa e de mais ninguém.

Em quinto lugar, porque o tempo de proclamar o evangelho é agora. Devemos fazer a obra de Deus enquanto é dia, enquanto temos oportunidade, enquanto as portas estão abertas. Só temos essa geração para evangelizar os nossos contemporâneos. Se falharmos nessa empreitada, teremos fracassado em nossa missão.
Em sexto lugar, porque a evangelização dos povos é uma ordem imperativa, intransferível e inadiável do Senhor Jesus. O universo inteiro se curva diante da autoridade absoluta do Senhor Jesus. Ousaríamos nós desobedecê-la? Se até os demônios obedecem à sua voz, seríamos nós os únicos a fazer pouco caso dela? Não temos escolha, fazer missões não é opção da igreja, é sua responsabilidade inalienável.

Em sétimo lugar, porque a conversão daqueles por quem Cristo morreu traz glória ao nome de Deus. Fazemos missões para que os povos venham e se prostrem aos pés de Jesus e dêem a Deus toda a glória devida ao seu nome. A glória de Deus deve ser a nossa motivação mais elevada para evangelizarmos todas os povos, tribos, línguas e nações!
Fazer missões ,não aparece o ser homem, e sim o Todo poderoso. hoje em dia muitos querem aparecer, construindo seus grandes castelos chamado de Igrejas, porem o povo esta morrendo enquanto lideres estão se gradiando em uma disputa muito grande para ver quem faz a maior e meis bela igreja, e suas ovelhas seguem perdidas e dentro das suas Igrejas. Desperta povo de Deus. o tempo de missões e agora, venha fazer parte do "PROJETO AMOR SEM FRONTEIRAS". E voce vai ver que aqui o grande  é Deus. Paz seja contigo.

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

O NOME DE JESUS NÃO É UM AMULETO !


Há tempos atrás escutei um pastor falando sobre o nome de Jesus e ele o comparava com um amuleto, eu me irritei com essa aberração,claro que  isso  me chamou a atenção: “O Nome de Jesus não é UM AMULETO !” Muitos cristãos estão utilizando o Nome de Jesus como se fosse um amuleto de sorte ou encanto. Muitas vezes falamos o nome de Jesus como algo natural, rotineiro, e ritualístico, por isso se explica o porque que muitas vezes não vemos resultados nas orações. O Nome trabalha sempre… para quem crer em seu poder imediato. 


        O Nome de Jesus é poderoso! Ele não é como um amuleto de sorte que as vezes trabalha e as vezes não. O nome de Jesus é poder, porém muitos daqueles que o pronunciam geralmente não conhecem nem discernem o poder que está investido naquele Nome ."E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz. Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome; Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai".
                                                                                                                         Filipenses 2:8-11. 

Havia um paralitico que constantemente se assentava numa das entradas do templo em Jerusalém: Esse, pedindo esmola como de costume, teve um encontro inesperado com 2 homens que conheciam o poder do Nome de Jesus (algo que muitos desconhecem hoje). Pedro e João ao olhar para o mendigo viu que ele estava pronto pra receber algo (At 3:1-5). E naquele instante Pedro disse: 
        “E disse Pedro: Não tenho prata nem ouro; mas o que tenho isso te dou. Em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, levanta-te e anda.” 
                                                                                                     
  Atos 3:5 

Aqui vemos 2 coisas: Primeiro Um homem que estava com o coração aberto para receber algo (ele mesmo nem sabia o que era mas estava disposto a receber), e segundo dois  homens que conheciam o Poder do Nome de Jesus. Pedro falou com tamanha confiança para que o homem levanta-se porque Ele sabia que o Nome de Jesus está revestido de poder. Quando você discerne o poder que foi investido no Nome de Jesus você também verá a glória e o poder de Deus sendo manifestado em suas orações e situações que você aplicar o nome: 

        Você orará pelos os enfermos no Nome de Jesus e os verá sendo curados. Por quê?  Porque Jesus disse à todos aqueles que crêem que sinais os seguirão toda vez que eles usarem o Seu Nome (leia Marcos  16:15-18); Você expulsará demônios e repreenderá o mal na tua casa, finanças, família, trabalho… e o mal fugirá.. porque há poder no Nome de Jesus. 

        Quando você utilizar o Nome de Jesus, fale com autoridade com discernimento que Jesus se levanta no céu e olha para baixo toda vez que Ele escutar seu nome… saiba que Ele, sendo Deus, nunca deixará o Nome Dele ficar avergonhado. Por isso não duvido quando oro pelos enfermos – Eu conheço o Poder que há no Nome de Jesus – Simplesmente oro e espero que Ele venha e honre o Seu nome, afinal, é o Nome e reputação Dele que está na linha… Ele 
nunca falha! 
  
      O Nome de Jesus tem Poder para aqueles que crêem! Ele é o nome sobre todo Nome, diante do qual todo joelho, língua, doença, demônio, e problema tem que se dobrar,abaixar. Creia no poder do Nome e use-o com autoridade!
o grande detalhe que vejo hoje em dia, é que quanto mais as igrejas crescem, menos poder existe no nome de Jesus para essas igrejas, os Pastores simplesmente deixam de Pregar Milagres, e Passam a contar historias da Biblia, hoje quando se termina uma reunião, logos os Lideres se reunem e vão para o Melhor Restaurante da cidade. não existe mais tempo para orar. 

Isso é uma vergonha ver o quanto a igreja esta doente, e nada e feito para a mesma seja curada, o remedio e a oração, não aquela oração feita somente no altar da igreja, mais sim a oração feita peolo lider horas e mais horas de intimidade com Deus. para que depois não venha sofrer um vento e se afastar da presença de Deus, eu pergunto a Voce Pastor ? suas ovelhas estão todas curadas? ou voce tem tantas ovelhas que nem a conhecem , não sabe onde e como elas se encontram, pense nisso ainda ha tempo, para orar. Deus te abençoe .


Pastor Jorge Castilho.

Tudo Pela Graça.Parte 2.


Deus Amou o Mundo de Tal Maneira

Isso não é tudo. O próprio Deus é amor, mas quando esse amor é aplicado a nós, descobrimos que “Deus amou ao mundo de tal maneira” (Jo 3:16). “Deus é amor” fala da Sua natureza, e “Deus amou ao mundo de tal maneira” fala da Sua ação. O próprio Deus é amor; portanto, aquilo que provém Dele deve ser amor. Onde há amor, deve também haver o grande autor daquele amor. Após mostrar-nos que Ele é amor, Deus imediatamente nos mostra que Ele ama ao mundo,ou seja ele jamais fez, ou fará acepção de pessoas. Deus não somente nos amou, mas também enviou Seu grande amor. Deus não poderia deixar de enviar o Seu Grande amor. Ele não podia deixar de amar Todos no mundo.

O maior problema que o mundo tem é pensar que Deus sempre nutre más intenções contra o homem. O homem acha que Deus faz exigências severas, e que é rigoroso e mesquinho. Uma vez que o homem tem dúvidas quanto ao amor de Deus, ele também duvida que Deus amou ao mundo. Contudo, uma vez que Deus é amor, Ele ama ao mundo. Se a Sua natureza é amor, Ele não pode portar-se em relação ao homem de nenhum outro modo a não ser em amor. Ele sentir-se-ia desconfortável se não amasse. Aleluia! Isso é um fato! Deus é amor. Ele não pode fazer nada a não ser amar. Deus é amor, e o que se segue espontaneamente é que Deus amou ao mundo, essa e a maior prova de sua grandesa, as suas maravilhas sempre será manifestada através desse imenso amor.

Podemos culpar-nos por nossos pecados, por sermos fracos à tentação de Satanás, por sermos enredados pelo pecado. Mas não podemos duvidar do próprio Deus. Você pode responsabilizar-se por cometer um pecado, por ter falhado, por sucumbir à tentação. Contudo, se duvida do coração de Deus para você, não estará agindo como um cristão, pois duvidar do coração de Deus para você é contradizer a revelação da grandesa do amor de Deus através do evangelho.

Não podemos afirmar que você jamais fracassará novamente. Tampouco podemos afirmar que não mais pecará. Talvez você fracasse e peque novamente. Mas, por favor, lembre-se de que você falhar ou pecar é uma coisa, mas o coração de Deus para você é outra. Você nunca deve duvidar do sentimento de Deus simplesmente porque falhou ou pecou. Embora possa pecar, falhar, Deus não muda Sua atitude com você, pois Deus é amor e Ele ama ao mundo. Isso é um fato imutável na sagrada escritura. “A BIBLIA”.

Do nosso lado mudamos e transformamo-nos. Mas pelo lado do amor de Deus, não há mudança. Muitas vezes o seu amor pode mudar ou tornar-se frio. Contudo, isso não significa que o amor de Deus é afetado. Se Deus é amor, não importa como você O teste, o que provém Dele é invariavelmente amor. Se houver um pedaço de chapa de aluminio aqui, não importa como o golpeie, você sempre obterá o som de uma chapa aluminio .Se golpeá-lo com um martelo, ele lhe dará o som de chapa de aluminio. Se golpeá-lo com uma madeira na mão, ainda assim ele dará a você o som de chapa de aluminio. Se golpeá-lo com outro pedaço de chapa de aluminio, ele novamente lhe dará o som de chapa de aluminio. Se Deus é amor, não importa como você O “golpeie” — rejeitando-O, negando-O ou deixando-O de lado — Ele ainda é amor. Uma coisa é certa: Deus não pode negar a Si mesmo; Ele não pode contradizer-se. Uma vez que somos o próprio ódio, é absolutamente natural que odiemos. E uma vez que Deus é amor, é absolutamente natural que Deus ame. Ele não pode mudar a própria natureza. E uma vez que a natureza de Deus não pode ser mudada, Sua atitude com você não pode ser mudada. Dessa forma veremos que Deus ama ao mundo, querendo nós ou não fazemos parte desse mundo.


A Expressão do Amor de Deus

O assunto todo termina com Deus amando ao mundo? “Deus é amor” fala da natureza de Deus; fala do próprio Deus. “Deus amou ao mundo de tal maneira” fala da ação de Deus. Mas o amor de Deus para conosco tem uma expressão. Que é essa expressão do Seu amor? Romanos 5:8 diz: “Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco, pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores”. O amor de Deus tem uma expressão,imcomparavel. Se amo uma pessoa e simplesmente lhe digo que a amo, esse amor ainda não está completo. A menos que o amor seja expresso, ele não é completo.
Não existe amor no mundo que não tenha uma expressão. Se há amor, ele deve ser expresso. Se um amor não é expresso, não pode ser considerado como amor. O amor é muitíssimo prático. Ele não é vão e tampouco um simples assunto verbal. O amor é expresso por meio de ações. Se você põe uma bola sobre uma superfície desnivelada, pode estar certo que algo irá ocorrer; ela terminará por rolar abaixo. O mesmo ocorre com o amor. Você pode estar certo de que terá uma expressão.

Já que Deus ama ao mundo, Ele tambem tem de estar preocupado com a necessidade do mundo. Portanto, Ele deve fazer algo para o mundo. Somos pecadores. Não temos outra escolha senão ir para o inferno, e não há nenhum outro lugar para estarmos senão no lugar de perdição. Mas Deus nos ama, porque fazemos parte desse mundo. e Ele não estará satisfeito até que nos tenha salvo. Quando Deus diz: “Eu amo você”, Seu amor se aproximará para carregar todos os nossos fardos e remover todos os nossos problemas. Já que Deus nos ama, Ele deve prover uma solução ao problema de pecados; Ele deve prover a salvação que nós pecadores precisamos. Por essa razão, a Bíblia mostrou-nos este grandioso fato: O amor de Deus é manifestado na morte de Cristo.

Uma vez que somos pecadores e incapazes de salvar a nós mesmos, Cristo veio morrer de modo a solucionar o problema do pecado por nós. Seu amor cumpriu algo substancial, e isso é posto diante de nós. Agora podemos ver Seu amor de uma forma substancial. Seu amor já não é meramente um sentimento. Ele tornou-se um ato totalmente real.

Nessa grande questão do amor de Deus, devemos atentar para três coisas: a natureza do amor de Deus, a ação do amor de Deus, e a expressão do amor de Deus. Agradecemos e louvamos a Deus! Seu amor não é somente um sentimento em Seu interior; é também uma ação e até mesmo uma expressão e manifestação. Seu amor fêz realizar o que não podemos por nós mesmos. Uma vez que Ele é amor e amou ao mundo, a salvação foi produzida.

Uma vez que o homem tem pecado e uma vez que Deus é amor, muitas coisas acontecem. Se você não é pobre, não terá necessidade de mim. Por outro lado, se eu não o amo, mesmo que você seja extremamente pobre, eu não me preocuparei. A situação hoje é que o homem pecou e Deus amou; portanto, coisas começam a ocorrer para a gloria de Deus. muita coisa está acontecendo porque o homem pecou e Deus o amou. Quando você reúne as duas coisas, o evangelho vem à existência.

sábado, 17 de novembro de 2012

Tudo Pela Graça.Parte 1.


Tudo Pela Graça.


Neste livro consideraremos o amor e a graça de Deus, e também trataremos brevemente da questão da misericórdia de Deus.

Por várias vezes o Antigo Testamento diz que a salvação pertence a Jeová. Isso indica que a salvação não tem origem em nós, mais sim para nós. Uma vez que o pecado é cometido pelo homem, poderíamos naturalmente pensar que a salvação também é originária do homem. Todavia nem sequer o pensamento da nossa salvação proveio de nós; pelo contrário, originou-se em Deus. 
Embora o homem tenha pecado e esteja destinado à perdição, não é sua intenção buscar a salvação. Embora tenha pecado e deva perecer, foi Deus quem começou a pensar em salvá-lo. Portanto, o Antigo Testamento menciona repetidas vezes que a salvação pertence a Jeová. O motivo disso é que Deus é quem deseja salvar-nos. O homem nunca quis salvar-se.

Por que a salvação pertence a Jeová? Por que Deus está interessado no homem? De um modo genérico, podemos dizer que é porque Deus é amor. Mas, mais especificamente, é porque Deus ama o homem. Se Deus não amasse o homem, Ele não precisaria salvá-lo. A salvação se cumpriu porque, por um lado, o homem pecou e, por outro, Deus amou. Se o homem não tivesse pecado, não haveria lugar nem maneira de o amor de Deus ser manifestado. E se o homem tivesse pecado, mas Deus não tivesse amado, nada tampouco teria sido concretizado. A salvação é cumprida e o evangelho é pregado porque, por um lado, Deus amou e, por outro, o homem pecou.

O pecado do homem nos mostra a necessidade,e fragilidade do homem, em deixar prevalecer o desejo de sua carne. O amor de Deus nos mostra a provisão de Deus. Se houver somente a necessidade sem a provisão, nada pode ser feito. Mas se existe a provisão sem a necessidade, aquela será desperdiçada. A salvação é cumprida e o evangelho é pregado devido aos dois maiores fatos do universo. 

O primeiro é que o homem pecou e o segundo é que Deus ama o homem. Estes dois fatos são imutáveis. São dois fatos enfatizados na Bíblia. Se você derrubar qualquer uma das extremidades, a salvação se perderá. Não há necessidade de que ambas as extremidades sejam derrubadas. Uma vez que uma delas se vai, não haverá possibilidade de a salvação ser realizada. Deus tem o amor e o homem tem o pecado. Por haver estes dois fatos, existe a salvação e existe o evangelho do amor e da Graça de Deus.

O Amor de Deus

A Bíblia nunca deixa de chamar a atenção ao amor de Deus. Desta vez, eu quero mostrar a voces tudo, ou melhor quase tudo, sobre a verdade do evangelho apenas de maneira resumida, porque seria impossivel a mim ou a qualquer outro escritor, ou ate mesmo teologo, que possa escrever ou descrever tudo sobre a palavra de Deus , sobre a Luz do Evangelho puro e Limpo para mim é impossivel. Mencionarei muitas coisas, mas não tudo porque é imposiivel. Nesta momento quero tratar dos seguintes aspectos. Ou melhor , Devo considerar três aspectos do amor de Deus. 
Primeiro, Deus é amor. 
Segundo, Deus ama o homem. 
E, terceiro, a expressão do amor de Deus está na morte de Cristo.

Deus é Amor

Vejamos o primeiro ponto: Deus é amor. Isso está registrado em 1 João 4:16. E nós conhecemos, e cremos no amor que Deus nos tem. Deus é amor; e quem está em amor está em Deus, e Deus nele. 

Aqui não diz que Deus ama. Tampouco diz que Deus poderia amar ou que Deus pode amar ou que Deus amou ou amará. Pelo contrário, diz que Deus é amor. Que significa dizer que Deus é amor? Significa que o próprio Deus, Sua natureza e Seu ser, é amor. Se pudéssemos dizer que Deus tem uma substância, então a substância de Deus é amor.

A maior revelação da Bíblia é que Deus é amor. Essa é a revelação de que o homem mais necessita. O homem tem muitas suposições e teorias sobre Deus. Ponderamos todo o tempo sobre que tipo de Deus nosso Deus é, que Tipo de coração nosso Deus tem, quais as Suas intenções com relação ao homem, a que Ele é semelhante. Você pode perguntar a alguém sobre a idéia dele a respeito de Deus, e ele lhe dará o seu conceito. Ele achará que Deus é desse ou daquele tipo de Deus. Todos os ídolos no mundo e todas as imagens feitas pelo homem são produto da imaginação do homem, que acha que Deus é um Deus aterrador ou um Deus severo. Ele concebe Deus desta ou daquela maneira. O homem está sempre tentando analisar e investigar a que Deus se assemelha. A fim de corrigir as diferentes suposições que o homem tem sobre Deus, Ele se manifesta na luz do evangelho e mostra ao homem que Ele não é um Deus inacessível ou inatingível.

Afinal,quem é Deus ? Deus é amor. Esta afirmação não estará clara para você a menos que eu dê uma ilustração. Suponha que exista aqui uma pessoa paciente. A paciência está ali, aconteça o que acontecer, não importando quão difíceis ou quão más sejam as condições. Não podemos dizer que tal pessoa tenha agido pacientemente; o advérbio pacientemente não pode ser usado para descrevê-la. Nem podemos dizer que ela seja paciente, usando um adjetivo. Devemos dizer que ela é a própria paciência. 

Talvez não nos refiramos a ela pelo seu nome. Em vez disso, às ocultas, poderíamos dizer que a Paciência chegou ou que a Paciência falou. Ao dizermos que Deus é amor, queremos dizer que amor é a natureza de Deus; Ele é amor de dentro para fora. Portanto, não diríamos que Deus é amoroso, usando um adjetivo ou que Deus ama, usando um verbo. Pelo contrário, diríamos que Deus é amor, aplicando o substantivo a Ele.

Em nosso amigo Paciência não conseguimos encontrar precipitação; ele é a própria paciência; não é apenas paciente. Ele é simplesmente um amontoado de paciência. Você acha que nessa pessoa poderia haver precipitação? Poderia ele perder a calma? Poderia ele trocar palavras ásperas com os outros? É impossível que ele tome tais atitudes, pois em sua natureza não existe o elemento para fazê-las. Não há algo como mau humor em sua natureza. Não há algo como precipitação em sua natureza. Ele é simplesmente a paciência.



O mesmo ocorre com Deus, que é amor. Deus como amor é a maior revelação na Bíblia. Para todo cristão, a maior coisa a saber na Bíblia é que Deus é amor. Para Deus é impossível odiar. Se Deus odiar, não apenas terá um conflito com quem quer que Ele odeie, mas também terá um conflito Consigo mesmo. Se Deus odiasse qualquer um de nós aqui hoje, Ele não teria problema só com essa pessoa; Ele teria problema Consigo mesmo. Deus teria de criar um problema Consigo mesmo antes que pudesse odiar ou fazer algo de maneira que não fosse em amor. Deus é amor. Embora essas três palavras sejam muito simples, elas nos dão a maior revelação. A natureza de Deus, a essência da vida de Deus, é simplesmente o amor. Ele não pode fazer nada de outra maneira. Ele ama e, ao mesmo tempo, Ele é amor.

Se você é um pecador, pode estar querendo saber o que deve fazer antes que Deus venha amá-lo. Muitas pessoas não conhecem o pensamento de Deus para com elas. Elas desconhecem o que Deus está pensando ou que intenções Ele tem. Muitos acham que deveriam fazer algo ou sofrer ou ser muito bom antes que pudessem agradar a Deus. Entretanto, somente os que estão em trevas e que não conhecem a Deus pensam dessa forma. Se não houvesse evangelho, você seria capaz de pensar assim. Mas, agora que o evangelho está aqui, você não pode mais pensar dessa maneira, pois o evangelho diz-nos que Deus é amor.

Nós, seres humanos, somos apenas ódio. É extremamente difícil amarmos. Para Deus é igualmente difícil odiar. Você pode achar que é difícil amar e que não sabe como amar os outros. Mas é impossível Deus odiar. Você não tem jeito para amar e Deus não tem jeito para odiar. Deus é amor, e odiar para Ele é agir contrariamente à Sua natureza, o que é impossível que Ele faça. tudo pela Graça.

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Como se Tornar Cristão.



Como se Tornar Cristão


Contudo, aos que O receberam, aos que creram em Seu nome, deu-lhes o direito de se tornarem filhos de Deus. João 1:12

Aqui encontramos a fórmula mais simples para se tornar cristão: receber Jesus. Abra sua vida para Ele, permita que Ele seja seu Salvador. Receba-O em Seu amor. Receba-O em Seu perdão. Receba-O em Seu poder transformador. Receba-O em Sua contínua presença. Receba-O em Sua graça infinita.


Muitas pessoas, especialmente aquelas que se opõem ao cristianismo ou que nasceram na igreja e a abandonaram quando atingiram a maioridade, enxergam o cristianismo de forma negativa. Para elas, Jesus atrapalha o caminho da diversão, de passar bons momentos, de ser você mesmo e tudo o que pode ser. Cristianismo significa desistir, abrir mão. É uma série de “nãos”, de sentimentos de culpa e de pessoas carrancudas prontas a criticar e condenar.


Não, diz João o amado. De forma alguma! No cristianismo não se perde, se ganha. Sim, abre-se mão, mas também se recebe. É verdade que, quando recebemos Jesus, nossa vida sofre uma mudança. Não porque Ele ordena que nos conformemos com Suas regras, mas porque nossas atitudes, desejos e motivações mudam. Queremos ser como Ele; queremos viver como Ele. Recebê-Lo significa que Ele preenche nossa vida.


Receber Jesus é como apaixonar-se. Um jovem apaixonado procura estar na presença da amada em toda e qualquer oportunidade. Observe como os hábitos mudam. Talvez esse jovem estivesse sempre atrasado para tudo, mas então passa a ser sempre pontual, chega até mais cedo, para encontrá-la. Antes não se preocupava muito com a aparência, mas agora a primeira coisa que faz no dia é se barbear, manter-se sempre bem-vestido e perfumado, procura estar sempre bem apresentável.


Há muitos anos, um famoso pregador proferiu um sermão intitulado: “O poder expulsivo de uma nova afeição”. Na linguagem moderna, esse título pode parecer um pouco pesado, mas a ideia principal do sermão é: um novo amor expulsa maneiras antigas de agir. Estamos seguindo com a vida, aparentemente felizes. Mas, então, “uma nova afeição” entra em nossa vida – uma pessoa nova, um vislumbre do que pode ser uma vida muito mais rica e grandiosa, muito mais bela. E o novo expulsa o antigo. É exatamente isso que acontece quando recebemos Jesus.
aproveite essa oportunidade e receba Jesus Na sua Vida. 

se voce recebeu Jesus e Gostou dessa Palavra escreva para pastorjorgecastilho@hotmail.com  ou deixe seu comentario aqui. Deus contigo Sempre.


quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Lembra-te, pois, de onde caíste.


Lembra-te, pois, de onde caíste, arrepende-te e volta á pratica das primeiras obras…”Ap 2.5.
Ontem estava conversando com uma pessoa que eu amo muito,a mesma esta passando grandes problemas, e esta sempre presente em certa igreja? e detalhe ela nao ve resultados,e com isso tem afetados a outros a sua volta por causa de seus problemas. lembre-me que a anos atraz ela era muito feliz em uma pequena igrejinha,como o seu Lider chamou a antiga igreja que ela fez parte. e agora? ela esta um um grande Igreja e esta Cheia de Problemas.foi ai que orei por ela, e Deus me deus essa Palavra.espero que chegue ate essa pessoa.
Muitos pararam na caminhada cristã em função de vários problemas: decepções dolorosas, rejeições, indiferença por parte daqueles que um dia pensávamos que podíamos confiar, indiferença da comunidade a qual estávam inseridos. Muitos outros pararam por causa de um triste divórcio, outros, por não terem o reconhecimento que achavam   que deveriam ter. Lembro-me, quando um amigo desabafou com um semblante carregado de tristeza: “Pastor Jorge, eu não prego mais o evangelho por causa da minha esposa, ela tem sido um grande problema; minha vida espiritual esta parada; por estas e outras coisas”.
Um jovem muito dinâmico me disse: “Pastor Jorge  não vou mais congregar, porque eu não tenho roupas” bonitas “e adequadas  às exigências da minha” comunidade evangélica “”
Permita-me fazer-lhes uma pergunta, “AONDE VOCÊS PARARAM ?”
Há muitos que não precisa de muita coisa para parar sua jornada espiritual, basta uma critica, e logo tudo perde o sentido. Confesso que não faz muito tempo que sofri uma decepção comigo mesmo, em virtude disso, a minha busca “fervorosa” pelo Reino de Deus parece ter perdido o seu sabor, as orações diminuíram a leitura da Bíblia já não era mais diária, e por fim, a igreja para mim se tornou algo apático e sem sabor algo que permaneceu por muito tempo. Como resultado, fiquei procurando o sentido de tudo isso, fiquei ansioso extremamente ansioso.
Esta experiência dolorosa me convidou a fazer uma simples pergunta: “AONDE EU PAREI?”. Em virtude desse questionamento introspectivo entendi que, se eu parei de orar, deveria voltar ao caminho da oração; se eu parei de fazer leituras diárias da Bíblia, deveria voltar à santificadora graça de ler a Escritura Sagrada. Cada situação “distanciadora” ou “distanciada” por motivos outros  possui sua face voltada para o retorno.foi que Deus colocou em mim o desejo forte de criar o "PROJETO AMOR SEM FRONTEIRAS" Hoje com leitura Biblica diarias e muito clamor.eu posso perguntar claramente?
 Aonde nós paramos, é o lugar certo para recomeçarmos tudo outra vez, de forma mais sólida. Lembre-se, onde você parou?, e recomece tudo; faça isso agora mesmo! Ore e peça o perdão de Cristo e suplique pedindo forças para um novo começo.
Existe um hino que diz: “quero que valorize o que voce tem, voce e um ser voce e alguem, tao importante para Deus.!”.
Só não confunda retorno à Cristo com retorno a Igreja, porque a Igreja(certas igrejas tem nome de igreja, mais e seita maligna) não é Cristo, Mas todos quantos estejam conectados à Cristo se tornou Igreja verdadeira e simples.essa e uma verdade revelada a muitos, e poucos querem ouvir essa verdade. 

Que Deus abençoe a todos em nome de Jesus!

Pastor Jorge Castilho.

terça-feira, 13 de novembro de 2012

O zodíaco e a Biblia tem alguma coisa em comum?


Desde os tempos antigos, algumas pessoas têm procurado orientações nas estrelas. O zodíaco é uma faixa celeste dividido em 12 seções conhecidas por signos. Os astrólogos o usam como a base de seus prognósticos divulgados nos horóscopos de jornais e revistas. Baseado na data de nascimento da pessoa (sob qual signo), eles definem características da personalidade e predizem o futuro da pessoa. Há pessoas que não tomam nenhum passo antes de consultar seu horóscopo ou astrólogo. Como o servo de Deus deve encarar o zodíaco e a prática de astrologia?

A Bíblia aborda esses assuntos de duas maneiras. Primeiro, qualquer tipo de adoração a estrelas ou outros corpos celestiais é proibido. O fato é que Deus nunca autorizou adoração a nenhuma criatura (Romanos 1:25). Quando algumas pessoas em Jerusalém adoraram o sol, Deus chamou o ato de abominação (Ezequiel 8:15-17), uma palavra bem forte usada para descrever os piores dos pecados. Manassés, um dos piores reis de Judá, cometeu a abominação de se prostrar "diante de todo o exército dos céus" (2 Reis 21:3). O neto dele, o bom rei, Josias, mandou que tirassem do templo as coisas usadas na adoração ao "exército dos céus" (2 Reis 23:4). Deus prometeu destruir os lugares onde "queimaram incenso a todo o exército dos céus" (Jeremias 19:13). Sofonias condenou pessoas que adoravam ao Senhor, mas, ao mesmo tempo, adoraram "o exército do céu" (Sofonias 1:5).

Mas, alguém pode se defender dizendo que não adora às estrelas e sim, as consulta para saber mais sobre o futuro. Neste ponto podemos ver a importância da segunda abordagem bíblica: Deus condena qualquer fonte de revelação fora da palavra dele. Deuteronômio 18:9-14 é um trecho interessante a esse respeito. Deus incluiu entre as abominações os advinhadores, prognosticadores, agoureiros, feiticeiros, encantadores, necromantes e mágicos. Ele não somente condenou tais práticas entre os israelitas, mas também disse que as mesmas eram motivos pela destruição dos povos gentios que habitavam a terra de Canaã. Assim ele mostra que a busca de revelações de qualquer outra fonte, a não ser o próprio Deus, sempre foi pecado entre qualquer povo em qualquer época.

Como o cristão deve pensar sobre horóscopos, revistas de astrologia, etc.? Deve entender que são coisas abomi-náveis ao Senhor e que trarão a ira dele. Não convém nem olhar para tais coisas.precisamos lembrar que hoje em dia a uma forte procura a cerca saber o que vai acontecer no futuro, vemos hoje crentes fazendo os chamos cultos de profecias o que nao passa de advinhação, se olharmos para a Verdadeira Profecia que e a Biblia sagrada encontraremos resposta a tudo.voce sabia que  ainda existe crentes que acreditam no zodíaco verdade .

temos que ter muito cuidado e lembrar que a biblia diz ."A lei e os profetas duraram até João" - Lucas 16:16.

sendo assim vemos que o O zodíaco é abominavel . sem duvida a Biblia tem a resposta para tudo que voce precisa. Deus contigo Sempre.

Jorge Castilho.

associa-se ao "Projeto Amor Sem Fronteiras" e seja um 

canal de vitoria a Muitos que nescessita.Paz Seja contigo.